Diversidade

Estado dos EUA troca ‘Dia de Cristóvão Colombo’ por ‘Dia dos Indígenas’

por: Redação Hypeness

O Novo México baniu oficialmente o ‘Dia de Cristóvão Colombo’. A partir de agora, o estado norte-americano vai celebrar o ‘Dia os Indígenas’.

A decisão foi oficializada pela governadora Michelle Lujan Grisham. A democrata se disse “orgulhosa” de substituir o antigo feriado em homenagem ao explorador italiano.

– A colonização europeia matou tantos indígenas que mudou a temperatura da Terra

“Esse novo feriado marca a celebração das 23 nações indígenas do Novo México e o reconhecimento do espaço de honra ocupado por nossos cidadãos nativos. Enaltecer o Dia dos Indígenas envia uma mensagem importante de reconciliação e serve como lembrança do orgulho que temos de nossa história”.

A medida foi aprovada pela câmara do Novo México mês passado e recebeu apoio da Câmara dos Representantes. A população do estado é formada por cerca de 10.3% de indígenas, de acordo com censos dos Estados Unidos.

– ‘Para não homenagear genocida’, Los Angeles retira estátua de Cristóvão Colombo

Novo México revendo sua história

O posicionamento segue tendência de outros estados, como Minnesota, Vermont e Oregon, que baniram o feriado em nome de Colombo. Há pouco tempo, Los Angeles removeu uma estátua do navegador exposta há mais de 45 anos em um parque da cidade.

Vereador eleito e membro da Nação Wyandot de índios norte-americanos, Mitch O’Farrell celebra a mudança de pensamento que gerou a remoção da estátua.

– A primeira colônia européia nas Américas foi estabelecida por vikings 500 anos antes de Colombo

“Passo natural nos avanços para eliminar a falsa narrativa de que Colombo descobriu a América. Além disso, o próprio Colombo foi responsável por genocídios e suas ações contribuíram para o maior genocídio jamais registrado. Não é preciso homenagear sua imagem em lugar nenhum”, encerrou.

Los Angeles retirou estátua homenageando Colombo

Aliás, a Nação Wyandot comemorou a postura do Novo México. “Por muitos anos, a população indígena protestou contra o Dia de Colombo, porque a data representa o colonialismo, opressão e a injustiça contra os índios. O Dia dos Indígenas permite que os cidadãos reconheçam a herança rica. Fundamental para o caminho de cura”.

Tido por muitos como o ‘descobridor da América’, Cristóvão Colombo, na verdade, foi responsável por um verdadeiro genocídio. A biografia Colombo – As Quatro Viagens, aponta que o Novo Mundo foi concebido debaixo de mentiras, traições e fraudes.

A biografia escrita por Laurence Bergreen revela que Colombo provocou o suicídio de mais de 50 mil nativos e mortes que podem ultrapassar as 12 milhões de pessoas.

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Compartilhar, não ajudar: campanha de Mr. Músculo defende igualdade nas tarefas domésticas