Debate

Falência de gráfica que imprime Enem coloca realização da prova em risco

por: Redação Hypeness

A gráfica responsável pela impressão das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) desde 2009 entrou com pedido de falência. A multinacional RR Donnelly culpou condições de mercado, “que estão difíceis em toda parte, mas especialmente no Brasil”.

– ‘É um PPT, ministro’: Deputada de 25 anos expõe despreparo do Ministério da Educação

O posicionamento da empresa à frente da impressão das provas da edição deste ano coloca o Enem em risco. O exame será aplicado em 3 e 10 de novembro, inclusive o prazo para isenção de taxa de inscrição foi aberto na última segunda-feira (1).

Para que tudo dê certo, as provas devem ser impressas até no máximo maio. A situação é complexa, pois o trabalho não pode ser realizado por qualquer empresa em função das medidas de segurança adotadas para a execução da prova.

Uma nova licitação leva, em média, seis meses

O cronograma oficial prevê que as provas sejam impressas junto com o período de inscrições – de 6 a 17 de maio. O problema é que a licitação para contratar uma nova empresa dura, no mínimo, seis meses. A alternativa seria encontrar uma brecha e pedir dispensa da Lei de Licitações.

A RR Donnelley foi contratada em caráter de urgência em 2009, após do vazamento de exemplares da prova. O contrato foi renovado pela última vez em julho de 2018, pelo período de 12 meses, incluindo a impressão das provas para a edição deste ano. A gráfica cuida de todo o cronograma, como a separação dos malotes por cidade.

– Pastora da educação ‘baseada na palavra de Deus’ é demitida do MEC

A gráfica diz que vai entrar em contato com sindicatos para estudar a possibilidade de rescindir todos os contratos de trabalho nos próximos dias. Segundo a empresa, “isso permitirá o pronto levantamento dos valores depositados nas contas vinculadas do FGTS e habilitará os funcionários a solicitarem o seguro-desemprego, na forma da lei”.

O Inep, responsável pelo Enem, segue sem presidente

A falência da RR Donnelly escancara a crise vivida pelo Ministério da Educação desde o início do governo. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é responsável pelo Enem. Na semana passada, o órgão perdeu seu presidente, Marcus Vinicius Rodrigues foi demitido pelo ministro Ricardo Vélez Rodríguez

– Escolas de elite do Sudeste criticam ministro da Educação em carta

Paulo Teixeira, chefe da editoria de avaliação da Educação Básica dentro do Inep, pediu para sair em solidariedade ao colega demitido.

O Inep se pronunciou na manhã desta terça-feira (2) e afirmou que avalia alternativas ‘seguras’ para a garantia da impressão das provas do Enem. O órgão confirmou a execução do cronograma. Inscrições entre 6 e 7 de maio e a aplicação da prova nos dias 3 e 10 de novembro.

No ano passado, o Enem recebeu mais de 5,5 milhões de inscrições e 11 milhões de provas foram impressas no total.

A íntegra da nota emitida pela gráfica:

“A RR Donnelley Editora e Gráfica Ltda decidiu, após considerar todas as opções, encerrar sua operação no Brasil. Entre os fatores que levaram o grupo a tomar esta medida estão as atuais condições de mercado na indústria gráfica e editorial tradicional, que estão difíceis em toda parte, mas especialmente no Brasil. Recentemente, a RR Donnelley perdeu um de seus principais clientes e registrou uma drástica redução no volume de trabalho contratado.

O grupo operou no Brasil por mais de 25 anos. Mas, uma análise meticulosa das finanças da empresa motivou nossa decisão. O requerimento de autofalência da RRD será processado e decidido pelo foro da comarca de Osasco/SP.

Para minimizar o impacto da falência, a empresa entrará em contato com o sindicato e avaliará a possibilidade de rescindir todos os contratos de trabalho já nos próximos dias. Isso permitirá o pronto levantamento dos valores depositados nas contas vinculadas do FGTS e habilitará os funcionários a solicitarem o seguro-desemprego, na forma da lei.”

 

Publicidade

Fotos: EBC


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Apresentador da Globonews é hostilizado ao correr no calçadão em meio à coronavírus