Roteiro Hypeness

Fort Lauderdale (Flórida) é modelo LGBT+ de destino | Viaja Bi! #10

por: Rafael Leick

Fort Lauderdale é uma cidadezinha na Flórida que muita gente ainda não conhece, pelo menos por nome. Ela fica um pouco acima de Miami e é bem capaz de você já ter visitado enquanto esteve na região mesmo sem saber o nome ao certo.

Mas para a comunidade LGBT+, a cidade já é mais conhecida por ter tomado a dianteira muitas vezes. Quando eu era uma “bichinha POC novinha” e comecei a usar a Internet discada (“xófens”, vocês nem sabem o que é isso, né?) para explorar o mundo além da minha bola aqui em São Paulo no movimento que as pessoas começavam a chamar de globalização, Fort Lauderdale sempre foi uma constante quando o assunto era “turismo gay”, como era chamado.

Anos mais tarde, comecei meu projeto, o Viaja Bi! há mais de 4 anos, ou seja, estou há um tempo imerso no (agora) “turismo LGBT+”. Nesses anos, o termo mudou de gay pra LGBT+ ou LGBT ou LGBTQ. Enfim, a sigla ficou mais inclusiva. Mas, a indústria do turismo ainda não evoluiu tanto. Muitos dos produtos turísticos são focados só no G da sigla.

E, para minha surpresa, uma das primeiras e poucas iniciativas que vi diferente disso veio, adivinha de onde? Sim, Fort Lauderdale. Eles foram o primeiro destino a usar modelos trans em suas campanhas. E não foi na campanha segmentada para LGBT+ não. Isso já seria um avanço e exceção, mas eles usaram na campanha principal de anúncios.

Engajamento no discurso e na prática

Com a bandeira LGBT+ na praia de Fort Lauderdale - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Com a bandeira LGBT+ na praia de Fort Lauderdale – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Eles foram além e integraram as pessoas trans, que sofrem preconceito inclusive dentro da “comunidade”, à sua linha geral de comunicação. Esse ano, na segmentação de anúncios para famílias, além da “família tradicional brasileira”, há um casal lésbico com filhos.

Tive oportunidade de visitar o destino agora em fevereiro e deu pra perceber que o discurso não é da boca pra fora. É um destino que realmente abraça a causa. Fui convidado para ver de perto a Pride Fort Lauderdale, a Parada LGBT+ do destino, que acontece à beira-mar. E foi incrível!

Pride Festival na praia, em Greater Fort Lauderdale - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Pride Festival na praia, em Greater Fort Lauderdale – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Antes de mais nada, cabe aqui uma explicação. Na Flórida, as cidades são pequenas e muito perto umas das outras. Miami, por exemplo, fica a menos de uma hora de carro de Fort Lauderdale. E o que a gente conhece por Miami, na verdade é Greater Miami, ou seja, a região metropolitana. Miami Beach, por exemplo, que é a mais famosa, é outra cidade, mas funciona como outro bairro.

A mesma coisa acontece na vizinha ao norte. Greater Fort Lauderdale reúne, por exemplo, Fort Lauderdale Beach, onde fiquei hospedado num hotel pé na areia maravilhoso e onde aconteceu o Pride Festival (já explico) e outras cidades como Wilton Manors, que se gaba de ser a cidade com mais LGBT+ per capita. Eu não duvido.

Carro da polícia de Wilton Manors, em Greater Fort Lauderdale, durante a Pride - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Carro da polícia de Wilton Manors, em Greater Fort Lauderdale, durante a Pride – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Os bares e baladas LGBT+ do que conhecemos por Fort Lauderdale, ficam todas lá. O carro da polícia tem a bandeira do arco-íris na lateral toda (pelo menos pro evento). E o conselho da cidade é todo formado por LGBTs. A praia gay, Sebastian Beach, fica um pouco mais pra cima, mas cheguei em 20 minutos andando do meu hotel, ou seja, muito perto.

E, assim, tem praia gay, mas é meio que por convenção, porque em todo lugar nós somos bem aceitos. É casal de mão dada pra cá, gente de todo tipo, cor, vestimenta e jeito pra lá. Tudo junto e misturado. Uma lindeza. Deu pra sentir que, na prática, eles aplicam o que se propõe em discurso. E só aí já saem na frente de muitos lugares.

Pride Fort Lauderdale e Parada das Américas

Carro da Pride of the Americas na Parada LGBT+ de Fort Lauderdale - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Carro da Pride of the Americas na Parada LGBT+ de Fort Lauderdale – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Seguindo seu histórico pioneiro e vanguardista na questão LGBT+, Fort Lauderdale dá mais um passo em direção ao desconhecido. Não sei se você sabe disso, mas além das paradas do orgulho das cidades pelo mundo, há algumas que são um pouco maiores e super consagradas, como a Europride (a Parada LGBT+ européia), que acontece a cada dois anos em uma cidade diferente do continente europeu, algumas regionais e a World Pride, uma parada mundial que circula em várias cidades do mundo também. Em 2017, aconteceu em Madri e, em junho de 2019, chega a Nova York para celebrar os 50 anos das rebeliões de Stonewall, evento que deu início às Paradas LGBT+ no mundo todo.

Continental assim, até hoje só tínhamos a Europride, mas Fort Lauderdale está preparando para 2020 uma versão continental pra chamar de nossa. Também acontecendo a cada dois anos, a Pride of the Americas (Parada das Américas) estreia em Fort Lauderdale, coincidindo com a Pride deles, e depois seguirá em roteiro itinerante. Tô falando… eles saem na frente! 😉

Pride Festival na praia, em Greater Fort Lauderdale - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Pride Festival na praia, em Greater Fort Lauderdale – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Nessa minha última visita, conferi alguns eventos da Pride Fort Lauderdale, que é o guarda-chuva para diversos eventos menores. O Pride Festival, por exemplo, é o principal evento, que acontece na praia, com tendas vendendo comidas, bebidas e diversos tipos de produtos (muitos com arco-íris), além de organizações e entidades que lutam pelos nossos direitos. Há também dois palcos com shows de importantes nomes da cena LGBT+ estadunidense e ativações de marcas.

Um dia antes, aconteceu a Pride Parade, a parada mais no estilo que conhecemos mesmo, mas não a festa carnavalesca do Brasil. É uma parada tipo caminhada mesmo. Um dos carros, inclusive trazia decoração especial para lançar a Pride of the Americas do ano que vem. E sabe o que é mais louco? Mesmo com tanto tempo de evento, esse foi o primeiro ano que eles tiveram uma parada mesmo. Antes era só o festival e os eventos paralelos, mas não tinha essa “marcha”. Presenciei um momento histórico!

Com Kathy Najimi (Abradacabra / Mudança de Habito) em Fort Lauderdale - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Com Kathy Najimi (Abradacabra / Mudança de Habito) em Fort Lauderdale – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Entre os eventos, rolaram jantares de gala, incluindo um com fala da Kathy Najimy. Duvido que você reconheça por nome, mas se eu te disser que ela é a atriz que fez uma das três bruxas em Abracadabra (Hocus Pocus) e também a freira fofa e engraçada de Mudança de Hábito (Sister Act), refresca a memória? Ela é uma super aliada e uma super querida. Além dela, conversei com o prefeito de Fort Lauderdale e vi Carson Kressley, do RuPaul’s Drag Race, em pelo menos 3 ocasiões. Chique, né?

Outros momentos incluíam um drag brunch (brunch com show de drag queens) e até uma festa dedicada aos ursos, como são conhecidos os gays peludinhos.

Praia de Fort Lauderdale Beach - Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Praia de Fort Lauderdale Beach – Foto: Rafael Leick / Viaja Bi!

Enfim, é um destino mega diverso e super ativo nessas questões de diversidade humana. Mesmo que você seja hétero, vale muito visitar… sabe por quê? Deixa eu te contar um segredo: quando uma cidade procura entender que todos somos iguais, você, por consequência, também vai ser super bem recebido e bem tratado. Uma cidade que é mais acolhedora pra mim como gay, certamente, será bastante acolhedora pra você, que é hétero. Se você ainda não conhece, dê uma chance! 😉

Se já conhece, recomendo programar uma nova visita em 2020. Nos vemos lá na Pride of the Americas. 😉

Publicidade


Rafael Leick
Criador do Viaja Bi!, primeiro e principal blog de viagens LGBT+ do Brasil. Publicitário paulistano, fez intercâmbio em Londres e lá começou a escrever sobre viagem. Trabalhou com órgãos de promoção turística de Toronto, Argentina, Espanha, Reino Unido, Curaçao, entre outros, e grandes empresas do setor. Ministrou palestras no Brasil e no Peru e foi Diretor de Turismo da Câmara LGBT do Brasil.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Hostel de luxo de Maceió tem quartos exclusivos para mulheres