Inspiração

Haters criticam MC Carol por palestra em universidade nos EUA. E ela dá resposta perfeita

por: Tarsila Döhler

MC Carol respondeu aos críticos da melhor forma possível: lembrando a eles que o orgulho de quem importa ela já tem. A funkeira de 25 anos foi alvo de comentários negativos pela palestra que deu na Brown University, uma das universidades mais prestigiadas nos Estados Unidos. O evento de que participou foi promovido pela Brazil Initiative, do Watson Institute for International and Public Affair. O objetivo era debater o cenário político, econômico e social do Brasil. Em sua fala, Carol expôs sua infância pobre no Rio, a importância cultural do funk no país e a mudança que a música causou em sua vida.

View this post on Instagram

Adios 🇺🇸 ✈️

A post shared by MC Carol (@mccaroldeniteroioficial) on

Pelo Facebook, a funkeira explicou que acompanhou os comentários no vídeo de sua palestra, publicado pela Mídia Ninja. Entre eles, pessoas afirmavam que ela é uma vergonha para o Brasil e que não representa nada. A MC destacou que não conhece os autores dos comentários e não é parente de nenhum deles, de forma que não lhes deve satisfação.

MC Carol 100% feminista na Brown University! A funkeira está nos Estados Unidos para dar uma palestra em uma das universidades mais prestigiadas do país. Em suas redes sociais, Carol falou sobre os sentimentos proporcionados na visita e da importância de ocupar lugares como esses: "falando sobre minha infância, sonhos que me foram tirados, falando da adolescência que me foi negada, do meu início no funk na cultura e, de como a cultura foi/é importante na minha e é na vida de milhões de pessoas." .Carol você nos representa!Vídeo Debora Diniz

Posted by Mídia Ninja on Saturday, April 20, 2019

Segundo ela, chegar onde chegou já é motivo de orgulho para quem realmente importa em sua vida. “Gente eu tenho que dar orgulho a minha Bisavó que me criou, honrar a educação que meus avós me deram e, está viva aos 25 anos depois de tudo que tive que passar sozinha, sem ter sido presa, sem usar drogas, sem ter tido filhos é motivo de muito orgulho para minha Vó, muito mesmo.”, escreveu.

Cheguei em casa agr e eu tava olhando as redes sócias e vi que a ‘mídia ninja’ postou um vídeo meu, na Brown…

Posted by MC Carol on Monday, April 22, 2019

Carol também lembrou que, de onde veio, um lugar sem privilégios, ela representa uma mudança muito importante.
Eu sou a única mulher da minha família que tirou habilitação, que dirige. Estou falando de mais de 4 gerações, sou a única mulher da minha família que não precisou de homem para ter casa etc… Sou a ÚNICA pessoa da minha família que pisou fora do Brasil. Vocês têm noção do que é ligar pra minha Vó e dizer que estou indo para os Estados Unidos dá uma palestra?”, questionou.
E ainda deixou um pequeno conselho para os haters: “Vão estudar pra ser eu, um dia! Bjos!

 

 

Publicidade


Tarsila Döhler
Jornalista, pisciana, apaixonada por brechó, cerveja gelada e livros. Natural do interior, com sonho na cidade grande. Divide a vida entre textos, diagramação, bordados e os 360 dias de espera pelo carnaval.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Ela usou o celular e a criatividade para fotografar estranhos a caminho do trabalho