Debate

Herói da independência dos EUA seria, na verdade, uma mulher

por: Vitor Paiva

Publicidade Anuncie

Em 1777, durante a batalha de Brandywine, na Guerra da Independência dos EUA, o militar polonês Casimir Pulaski entrou para a história americana e para o hall dos heróis de guerra norte-americanos ao salvar George Washington e ajudar o general que viria a se tornar o primeiro presidente do país a fugir do intenso ataque do exército inglês.

Passados 242 anos do feito de Pulaski, um exame realizado em seu esqueleto inicialmente comparando com o DNA de sua sobrinha neta a fim de confirmar se tratar de fato dos restos mortais do militar descobriu muito mais do que se esperava: não só se trata sim do esqueleto de Pulaski, como aparentemente o herói era, na verdade, uma mulher. Ou possivelmente intersexual.

Essa é a conclusão que o exame realizado por pesquisadores da Georgia Southern University, dos EUA, chegou diante do material genético e do esqueleto de Pulaski – que, segundo os cientistas, “o esqueleto é tão feminino quanto pode ser”.

Ilustração à época de Casimir Pulaski

A conclusão começou pelo formato dos ossos pélvicos. “Nos femininos, a cavidade pélvica tem uma forma mais oval; é menos em forma de coração do que a pélvis masculina. Pulaski parecia muito feminino”, afirmou a professora de antropologia Virginia Hutton Estabrook, da universidade.

Estátua em homenagem à Pulaski nos EUA

Segundo o estudo, o militar teria uma condição chamada hiperplastia adrenal congênita, na qual corpos femininos produzem uma grande quantidade de hormônios esteroides masculinos. Nesses casos, o desenvolvimento sexual se torna fora do padrão, “masculinizando” o corpo e a genitália feminina. Em 1777, a hipótese de uma mulher lutar em uma guerra era de tal forma inconcebível que é provável que ninguém fosse capaz de perceber o gênero de Pulaski – possivelmente nem mesmo ele.

Publicidade Anuncie

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Talude de mina pode romper domingo; barragem da Vale em MG está ameaçada