Ciência

Médicos da Unicamp celebram sucesso de cirurgia que devolveu vida sexual a mulher trans

por: Redação Hypeness

Como qualquer procedimento médico, cirurgias de redesignação de gênero podem gerar complicações à saúde. Foi o que ocorreu com uma mulher trans, cuja operação com inversão de pele do pênis evoluiu para o fechamento do canal vaginal, o que provoca dores e impede as relações sexuais. Graças a uma técnica inovadora desenvolvida no Ceará, ela poderá recuperar sua qualidade de vida.

A mulher, que não teve sua identidade divulgada, passou por um novo procedimento cirúrgico de reconstrução vaginal usando pele de tilápia na quarta-feira, 24. O sucesso da cirurgia foi comemorado pelo médico Leonardo Bezerra, através do Facebook, em uma publicação que se tornou viral em que ele classifica o feito como “um momento histórico para ginecologia no Brasil e no mundo“.

O procedimento, com duração total de três horas, foi realizado na Unicamp, em Campinas (SP), em parceria com a Universidade Federal do Ceará. A pele de tilápia substitui o enxerto que utiliza parte do intestino, uma cirurgia mais invasiva, demorada e com um período de recuperação mais longo, segundo o G1.

A paciente passa bem e já caminha e urina normalmente, comprovando o sucesso da nova técnica.

Leia também: Metade dos brasileiros não sabe o que significa transgênero, aponta pesquisa

Publicidade

Fotos: Viktor Braga/UFC


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Comemore! As baleias jubarte não são mais consideradas em extinção