Diversidade

Mulher que acusa Assange de estupro pede reabertura do caso na Suécia

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

Julian Assange foi preso na última quinta-feira (11) na embaixada do Equador, em Londres. Agora, o co-fundador do WikiLeaks precisa encarar a reabertura de uma acusação de estupro.

– Denúncias a políticos brasileiros, Coca-Cola assassina e outras revelações de Assange ao ser preso

O ativista é acusado de ter violentado sexualmente uma mulher na Suécia, em 2010. A prisão do australiano, no entanto, trouxe problemas ao andamento do caso, que precisou ser arquivado três anos antes da prescrição.

A investigação sobre a acusação de estupro pode ser reaberta

“Vamos fazer de tudo para que os promotores reabram a investigação e que Assange seja entregue à Suécia e julgado por estupro”, disse Elisabeth Massi Fritz. A advogada conta que a cliente tinha 30 anos na época e não terá a identidade revelada.

– ‘Diz-se sempre que estupro é violência, mas eu não penso assim’, diz padre sobre pedofilia

– Nome forte do Vaticano, ex-conselheiro do Papa Francisco é condenado por estupro

Elisabeth informou que a cliente reagiu mal com a notícia da prisão de Julian Assange, “um choque”. Ela acrescenta, “enquanto o crime não prescrever, minha cliente espera que a justiça seja feita”.

Um porta-voz da promotoria sueca preferiu mistério, “vamos ver”, finalizou.  

O caso estupro dura quase 10 anos. A polícia britânica deteve Assange em dezembro de 2010. O ativista conseguiu ser solto mediante pagamento de fiança. Ele nega as acusações.

O co-fundador do WikiLeaks está preso em Londres e corre o risco de ser extraditado para os Estados Unidos.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Após ameaças de hacker, Bella Thorne publica as próprias nudes no Twitter