Arte

Netflix vai comprar cinema histórico de Los Angeles

por: Redação Hypeness

Foi um bafafá quando o filme “Roma“, produzido pelo diretor Alfonso Cuarón para a plataforma de streaming Netflix, foi impedido de concorrer em Cannes. Para poder entrar no circuito de festivais, a rede percebeu que precisaria exibir alguns de seus filmes também em cinemas convencionais e agora mira a compra do Egyptian Theater, em Los Angeles, sede da primeira premiere de um filme na história de Hollywood.

A aposta da plataforma revive uma antiga discussão capitaneada pelo premiado diretor espanhol Pedro Almodóvar, segundo o qual “a tela em que vemos um filme pela primeira vez não pode ser parte da nossa mobília“. Para cumprir com as regras impostas por diferentes festivais que exigem que as obras sejam exibidas em salas de cinema, a Netflix não quer exibir seus filmes em qualquer biboca, mas em um dos cinemas mais emblemáticos de Hollywood.

O Egyptian Theater atualmente é usado para exibições especiais, palestras e eventos dedicados à sétima arte. A novidade foi divulgada pela Deadline, que indica que a compra funcionaria como uma parceria, em que o espaço poderia continuar realizando os mesmos eventos, com suporte financeiro da empresa, e passaria a exibir também sessões de filmes da Netflix durante a semana.

Se confirmada, a compra não deve interferir nos acordos de distribuição que a empresa de streaming já possui com outras redes de cinema. Entretanto, as negociações ainda podem demorar meses ou até mesmo anos para sair do papel.

Até que não seria nada mal ver algumas das produções da Netflix nas telonas, não é mesmo?

Publicidade

Foto em destaque CC BY 2.0 The Conmunity - Pop Culture Geek


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Alphonse Mucha: ícone da Art Nouveau ganha mostra inédita no Brasil