Inspiração

Para comemorar 50 anos de Stonewall, All-Star Converse cria coleção inspirada na bandeira LGBT+

por: Vitor Paiva

Em junho as revoltas de Stonewall, que deram origem às paradas gay nos EUA e à própria luta LGBT+ atual, completam 50 anos. Para celebrar essa efeméride e a causa, a Converse, marca por trás do All Star, decidiu por lançar não somente uma linha utilizando as cores do arco-íris em menção à bandeira LGBT+, mas também indo além – lançando um modelo com os motivos da bandeira do orgulho trans.

Além de trazer os motivos especiais, os modelos podem ser customizados pelos clientes, e estão à venda por 80 dólares, ou cerca de 314 reais. Pelo site, a Converse anunciou cadarços e patches a serem bordados que podem ser adicionados em cada modelo. Há tamanhos para crianças e adultos, mas infelizmente a coleção especial só está disponível por enquanto no mercado norte-americano.

A personalização é tão diversa quanto as próprias identidades sexuais – e o tênis pode vir nas cores representando o intersexual, genderqueer, bissexual, lésbica, assexual e pansexual. Uma mensagem ainda deixa ainda mais claro o espírito da campanha: “Sim para o amor”, diz a frase na lateral da sola dos modelos.

A descrição do produto – que além de inspiradores, são realmente lindos – vai além: “O amor vence. Marche da forma que você quiser, com tênis coloridos feitos para celebrar a comunidade LGBTQ +”, diz a marca. Ainda não há qualquer informação sobre um possível lançamento no Brasil – país que tanto carece desse tipo de posicionamento por parte de grandes empresas.

 

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Aos19 anos, brasileiro se torna mais jovem do mundo a iniciar mestrado em Harvard