Tecnologia

Por que a impressão 3D pode ser a melhor opção para reconstruir Notre Dame

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

A tecnologia 3D já foi capaz de imprimir casas, órgãos do corpo humano, alimentos, então, por que também não poderia ser usada para reconstruir partes da Notre Dame de Paris, destruídas pelo incêndio? É isto que a empresa holandesa Concr3de está propondo. Porém, a maior inovação está no material que ela quer usar: as próprias cinzas do prédio para criar novas estruturas.

impressão 3d Notre Dame 1

Para provar que a ideia é possível, a empresa já reconstruiu uma das estátuas que costumavam ficar no telhado da catedral. Entretanto, a diferença é que ela não foi feita usando exatamente a mesma cinza que veio do fogo como o plano original esboça, mas de calcário e cinzas. A empresa defende que, usando a impressão 3D a reconstrução pode ser mais rápida, barata e o resultado será o mais próximo possível do original.

Publicidade

impressão 3d Notre Dame 2

Poucos dias depois da tragédia, o primeiro-ministro francês – Edouard Philippe fez um pedido internacional, pedindo para que empresas e pessoas enviassem projetos de reconstrução das partes que foram perdidas. Ele apenas não imaginava que surgiriam ideias tão criativas e inovadoras como esta.

impressão 3d Notre Dame 3

Um dos cofundadores da empresa – Eric Geboers, explica a escolha inusitada do material: Vimos o colapso da torre e pensamos que poderíamos propor uma maneira de combinar os materiais antigos com a nova tecnologia para ajudar a acelerar a reconstrução e fazer uma catedral que não seja simplesmente uma cópia do original, mas sim uma catedral que mostre sua história em camadas, orgulhosamente”. Resta saber se o projeto será aprovado!

Publicidade Anuncie

Foto 1: Concr3de

Fotos 2 e 3: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.


X
Próxima notícia Hypeness:
Novidade da Google reproduz podcasts em resultados de buscas