Sustentabilidade

Programa de reflorestamento na Amazônia planta árvore com nome de quem ajudar ação

por: Redação Hypeness

A diva Gisele Bündchen já avisou: mau brasileiro é quem desmata. Acontece que o desmatamento da Amazônia está ligado a muitos fatores invisíveis como, por exemplo, o consumo de carnes e a monocultura. No país que mais mata ambientalistas no mundo, não parece coincidência que o desmatamento tenha aumentado quase 40% em 2018.

Uma das áreas mais afetadas é o Apuí, no interior do Amazonas. Com pouco mais de 20 mil habitantes, o local foi apontado como o segundo município mais desmatado na Amazônia Legal em 2012, entrando na lista de combate ao
desmatamento em 2017.

Desde então, a situação do Apuí vem aos poucos melhorando. Entretanto, a cidade ainda está em nono lugar entre as mais desmatadas, segundo o Ibama, o que nos lembra que há muito a ser feito.

Em contraponto ao desmatamento, o IDESAM (Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia) iniciou uma nova parceria com a FARM para ampliação da floresta na região. Juntos, estão mobilizando moradores locais para a implantação de sistemas agroflorestais sem uso de agrotóxicos. Tal parceria só foi possível graças ao Clube FARM, programa de relacionamento da marca, que dá uma série de vantagens, além de acesso à pré-vendas e outros benefícios.

“É um sistema em que essas pessoas vão continuar produzindo, porém, dentro do mesmo espaço, criou-se um sistema de consórcio entre espécies produtivas, como o café, e espécies nativas da Amazônia – como Açaí, Mogno, Ingá, Peroba branca, Jatobá, etc”, explica Pedro Horta, Coordenador de Sustentabilidade da FARM.

Segundo Pedro, a adoção do sistema agroflorestal ajuda a proteger a floresta e a criar os chamados “corredores ecológicos”. Estes corredores são espaços onde os animais nativos podem transitar sem precisar ter contato com as
áreas degradadas, onde ficam mais vulneráveis.

Com início em outubro de 2018, a iniciativa funciona como uma assinatura voltada aos clientes da marca que querem contribuir com o meio ambiente. Ao assinar o clube, os colaboradores automaticamente ganham uma árvore para chamar de sua em plena Amazônia.

O plantio no Apuí já teve início, mas é apenas o começo. A marca prevê um total de 5 mil árvores plantadas na região este ano, capazes de restaurar 5 hectares da floresta amazônica. A estimativa é de que essas plantas compensem a emissão de 1.515 toneladas de carbono na atmosfera.

Além dos benefícios ao meio ambiente, os assinantes do Clube FARM também têm acesso a produtos exclusivos todos os meses, eventos e convenções da marca e podem conhecer as novas coleções em primeira mão. Quem disse que moda e sustentabilidade não podem andar de mãos dadas?

Publicidade

Fotos: Derek Mangabeira / Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O que é o ‘gel vegetal’ que pode prevenir incêndios florestais