Debate

Tenente é presa após pedido do Exército a quem serve. Motivo: Amamentar um bebê

por: Gabriela Glette

Se existe um assunto que gera controvérsia e não deveria, é a amamentação. Pessoas que condenam mulheres que amamentam em público e exércitos prendendo funcionárias por querer amamentar o seu bebê. Sim, este é o mundo em que vivemos. O caso aconteceu em 2016 no Paraguai, onde a primeira-tenente Carmen Quinteros Giménez serve. Depois de terminada a licença maternidade de seis meses, ela pediu aos seus superiores que a excluíssem dos turnos de 24 horas seguidas a cada 3 dias, pelo menos enquanto estivesse amamentando. Não satisfeitos em dizer ‘não’, eles também a prenderam.

militar presa amamentar 1

Quando os comandantes e a Justiça Militar negaram o pedido da mãe, ela reivindicou seu direito, que resultou na criação de salas de amamentação nos quartéis. Porém, quase 3 anos depois, a Corte Suprema do Paraguai afirmou que ela deverá cumprir 45 dias de detenção por falta disciplinar e a pena poderá ser cumprida em casa. Na época, uma vara da infância lhe deu a razão e solicitou a seu comandante que lhe concedesse essa autorização, porém seu quartel a retirou de seu posto original e a enviou para uma unidade operacional, com permanências de até 32 horas no quartel.

militar presa amamentar 2

Em 2017 o caso tornou-se público, gerando mobilizações e indo ao Congresso. Sentindo-se ameaçados, seus superiores tentaram condená-la a dois anos de reclusão por calúnia. Segundo a promotora da Infância de Assunção, Monaliza Muñoz, que recebeu a denúncia de Quinteros, o caso não precisaria ter ido tão longe: “Os comandantes tinham competência para conceder essas permissões. Nenhum concordou. Mas a criança não deixa de ser criança porque sua mãe é militar”. Mais uma vez, uma mulher sendo condenada pelo simples fato de ser mãe!

militar presa amamentar 3

 

Publicidade

Foto 1: arquivo pessoal

Fotos 2 e 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Miriam Leitão é desconvidada de feira de livro em SC. Motivo: a ‘ideologia’ dela