Debate

The Intercept publica reportagem da Crusoé censurada pelo STF

por: Redação Hypeness

The Intercept Brasil publicou a reportagem “O amigo do amigo de meu pai, da revista Crusoé, que foi censurada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), após determinação do ministro Alexandre de Moraes. A matéria em questão dava conta de um documento de nove páginas enviado à Lava Jato de Curitiba por Marcelo Odebrecht. Nele, o empreiteiro e delator esclarecia que o apelido “amigo do amigo de meu pai”, que aparece em e-mails sob investigação, se referia a Antonio Dias Toffoli, atual presidente do STF. De acordo com a delação, o codinome era usado por executivos da Odebrecht em conversas privadas, trocadas quando o magistrado ainda ocupava o cargo de advogado-geral da União.

Reportagem foi publicada pelo Intercept após censura à Crusoé

Diante da censura sofrida pela revista Crusoé, que o Intercept classificou como “um absurdo que deve ser combatido”, o veículo decidiu trazer a reportagem a público. Para eles, “decisão de Alexandre de Moraes é extremamente perigosa”: o ministro do STF acusou Crusoé de “extrapolar a liberdade de expressão”.

A liberdade de expressão é debatida no mundo todo e entendida como uma das bases do Estado Democrático. A Constituição garante que “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”.

Nesse sentido, o Intercept, enquanto veículo de comunicação, tem feito grandes avanços, através do jornalismo investigativo. No caso Marielle Franco, por exemplo, a agência de notícias colocou grandes esforços na busca por informações que levassem a um responsável pela morte da vereadora, fato que chocou o mundo por seu caráter antidemocrático.

Crusoé divulga caso de censura

Há que se lembrar de uma época em que o jornalismo foi silenciado e valorizar a transparência que apenas a democracia é capaz de garantir. O Intercept é fundamental na manutenção do direito à liberdade de expressão. Apenas dessa forma é possível que haja um jornalismo livre, que não se vê obrigado a estampar receitas de bolo em suas páginas no lugar de fatos.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O que você chama ‘de cantada de rua’ é crime; como funciona a lei da importunação