Inspiração

Vovó de 73 trabalha como bombeira voluntária para ‘se sentir útil’

por: Gabriela Glette

Idade é muito mais uma questão de como nos sentimos, do que propriamente quantos aniversários já fizemos. Prova disto é esta avó canadense, que aos 73 trabalha como voluntaria no Corpo de Bombeiros, na Colúmbia Britânica. Lester McInally decidiu entrar para os bombeiros em 2001, junto de seu marido, logo que eles se mudaram para a cidade de Lester McInally. Hoje, ele se aposentou, mas 17 anos depois ela continua na ativa e não pensa em parar.

vovó voluntária bombeiros 1

O casal poderia ter escolhido se voluntariar em qualquer outra instituição, mas ela explica porque acabaram optando pelo Corpo de Bombeiros: “Decidimos que seria melhor nos unirmos ao corpo de bombeiros, em agradecimento à proteção que eles nos davam”. Seu papel não é salvar pessoas de edifícios em chamas, mesmo porque isso exige treinamento adequado, mas ela age como apoio para garantir que todas as operações sejam seguras.

vovó voluntária bombeiros 2

Em entrevista à CBC News, Lester afirmou que pretende continuar enquanto for útil para a comunidade e seu corpo permitir. Sua função é sobretudo de acalmar as pessoas que se encontram em situações delicadas: “É basicamente manter o controle de todos os membros que estão lá e depois ou após o incidente, eu me certifico de que todos eles retornem e voltem para casa em segurança para suas famílias”. Nestas horas nós percebemos como a experiência de vida é tranquilizante!

vovó voluntária bombeiros 3

Publicidade

Fotos: White Lake Fire Department


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Garotinho cego emociona plateia tocando bateria no Japão