Inovação

App de realidade aumentada dá vida para capas de discos clássicos

por: Vitor Paiva

Nossos discos preferidos moldam de tal forma nossas memórias, nosso imaginário e nosso repertório emocional, que basta ver a capa de alguns deles para que um filme comece a passar em nossa cabeça e coração. Ampliar a realidade muitas vezes é tornar uma metáfora como essa em algo literal – e é isso que a plataforma Aria faz: através da Realidade Aumentada, dar vida e movimento às capas de alguns discos clássicos.

Quem utilizar a plataforma em seu smartphone ou tablet verá o tal filme que as capas de disco nos sugerem em pensamento de fato acontecendo na tela. Assim, através da Aria, Elvis finalmente canta e dança, em animação, saindo da capa de seu primeiros disco; o casal na capa do disco Goo, do Sonic Youth, acelera o carro, enquanto a mulher finalmente fuma seu cigarro; os três rostos na capa de The Score, do Fugees, viram desenho e também dançam, e os “robôs” da capa de Random Access Memories, do Daft Punk, voam para fora do disco.

Basta baixar a plataforma para criar “uma nova realidade”, como promete a Aria. A plataforma, de acordo com a conta no instagram, pode utilizar a Realidade Aumentada também sobre diversos outros meios – enquanto o míssil da capa do Echoes, Silence, Patience & Grace, dos Foo Fighters, é finalmente desmontado.

Publicidade

© fotos: Instagram


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
UPS testa entregas com caminhões autônomos nos EUA