Arte

Artista usa grafite para levar pinturas de museus para as ruas

por: Gabriela Glette

Casas abandonadas, muros levemente destruídos, ruas cinzas e tristes. Estes são os locais escolhidos pelo artista espanhol Julio Anaya Cabanding espalhar sua arte. Decidido a recriar quadros famosos que estão nos museus, ele reinventa pinturas icônicas com detalhes incríveis, molduras ornamentadas e sombras inteligentes, levando a arte para o ambiente urbano.

grafite museu rua 1

Baseado em Madrid, o trabalho da Cabanding dá novo significado às pinturas clássicas e permite que as pessoas a experimentem em um ambiente incomum. “O resultado não é apenas uma pintura que finge ser uma pintura, é uma relação com um ambiente”, afirma. 

grafite museu rua 2

De fato, a arte que ele propõe não é mera cópia de artistas consagrados, presentes em museus do mundo inteiro. Mais do que a questão plástica e estética, o artista quer desconstruir a arte e nos fazer pensar sobre ela. Um Monet nas paredes do Louvre é uma coisa, porém em um muro quebrado, possui uma outra personalidade e produz um efeito diferente em nós. Arte não é apenas beleza, é sobretudo lucidez e reflexão.

grafite museu rua 3

grafite museu rua 4

grafite museu rua 5

grafite museu rua 6

grafite museu rua 7

grafite museu rua 8

grafite museu rua 9

grafite museu rua 10

grafite museu rua 11

grafite museu rua 12

grafite museu rua 13

grafite museu rua 14

grafite museu rua 15

 

Publicidade

Fotos: Julio Anaya Cabanding


Gabriela Glette
Uma jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag, onde fala apenas sobre coisas boas!

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Versão de Banksy de quadro de Monet deve ultrapassar 6 milhões em leilão