Entrevista Hypeness

Através do espelho: casal faz festa de casamento inspirada em Alice no País das Maravilhas

por: Brunella Nunes

Uma história de amor nada convencional merece uma celebração zero convencional também. O casal Jamile Tessarim e Tiago Mitchell compartilham com o Hypeness sua festa de casamento um tanto psicodélica e lúdica, que parece ser um capítulo perdido de Alice no País das Maravilhas, afinal, “a única forma de chegar ao impossível é acreditar que é possível.”

A stylist paulista Jamille é uma pessoa cheia de personalidade, que viaja pelo mundo na mesma proporção que viaja nas ideias. Sempre colorida, com estilo único e festivo, essa “alien“, como ela mesma se denomina, está sempre em busca da próxima rave ou de experiências intensas movidas a música e pessoas.

Foi em 2016, durante o Burning Man, festival de contracultura que acontece no deserto de Nevada (EUA), que Jamile conheceu o meio-irmão de Tiago. “Ficamos bem amigos e até fizemos a famosa descompressão juntos em Lake Tahoe“, contou. A ocasião acontece pós-evento, a quatro horas de distância, proporcionando um momento mais zen e de desapego aos participantes depois de dias muito intensos no meio do nada.

Papo vai, papo vem, Jamile acabou sabendo que o novo amigo tinha uma madrasta brasileira e três filhos. Mas, além disso, veio um fato inusitado: a família havia comprado uma fazenda no Norte da Califórnia para cultivar maconha. “Nunca tinha visitado um lugar desses e fiquei curiosa. Daí surgiu o convite para visitá-los”.

Chegando lá, conheceu não apenas as plantinhas, mas também Tiago, com quem passou quase um mês junto. “Foi uma conexão bem mágica e bem intensa. Porém aqueles eram meus últimos dias no Estados Unidos e tive que voltar para o Brasil”, recordou a noiva.

 

Como o amor não mede fronteiras, após 14 anos sem voltar ao país, Tiago foi visitar a amada para conhecer a família e os amigos dela. Segundo Jamile, ele também veio ao país para resgatar uma parte dele que estava adormecida, e relembrar o que é ser brasileiro. “As lembranças que tinha eram da infância. Mas no final das contas ele amou o Brasil, ficou encantado com a paixão e o calor do brasileiro, com a felicidade e autoestima que levamos a vida”.

Poucos carnavais depois a união deu um passo a frente. “Em 2018 nossa aventura como parceiros que são livres para explorar o amor se respeitando e se amando e formalizou“. Jamile contou com a ajuda do melhor amigo, Christian Montenegro, para elaborar o vestido de noiva, a roupa do noivo, dos padrinhos e madrinhas. “Foi uma das experiências mais divertidas da minha vida. O Christian é meu guru da moda, foi ele que me apresentou o mundo dos paetês e desde então sempre trocamos figurinhas fashion. Toda garota necessita de um melhor amigo assim”.

A ideia era fazer uma roupa única, original, que traduzisse o planeta encantado dos noivos. “Queria que mostrasse bastante do meu corpo mas que também fosse muito volumoso e trouxesse um símbolo da minha conexão com o universo. Embora o conceito pareça simples, aterrissar essas idéias de uma maneira harmônica foi uma tarefa complexa”, explicou a noiva estrelada.

A parceria cósmica, batizada de “The Wedding Experience”, aconteceu no Sítio do Areião, interior de SP, na presença de amigos íntimos e alguns familiares, misturando referências meio elfas, meio Alice, meio…Jamile. A cerimônia foi celta, que é carregada de simbolismos. Os padrinhos entraram sozinhos e cada um deles levava um objeto que simbolizava alguma coisa para o casal até o altar. Eles explicavam cada coisa e depois faziam um discurso para os noivos. As alianças foram levadas pela avó da Jamile, a matriarca da família.

A mesa da festa foi decorada com plantas e cogumelos enormes, também presentes no bolo. Minha inspiração maior foi um mix entre jardim encantado e psicodelismo. No final das contas, os dois temas me levaram a Alice no País das Maravilhas mesmo. E acabei produzindo quase tudo, contando com a ajuda de amigos, do Tiago e familiares. Em um mês e meio conseguimos cumprir a tarefa”, explicou ela. “Eu quis mostrar para meus convidados um pouco do que eu vivi nos festivais mundo a fora. Foram anos de inspirações que guardei e achei o momento ideal para colocá-las em prática. Eles muitas vezes nem sabem que esse mundo paralelo de festival, magia, lúdico e surrealista existe”.

Parece que a missão foi cumprida. Jamile contou com a presença de uma amiga do Japão, amigos da Hungria e da Bélgica, que conheceu em festivais. O local contava com espaço para que as pessoas dormissem lá, então a festa foi de sábado até segunda-feira. “Foi quase um mini festival. Eu jamais suportaria ver minha festa acabar em menos de 24 horas”, divertiu-se a noiva.

Para manter todo mundo circulando e se mexendo, ela pediu para que a área da pista de dança, embalada por Pink Floyd e Rolling Stones, tivesse o mínimo de mesas possível. Na área externa havia um espaço para todos relaxarem, com almofadas e colchões espalhados pelo chão. Uma parte da decoração da pista veio de materiais coletados no descarte do carnaval do RJ, que eu peguei. Tinha também uma casa na árvore, que acabei transformando numa instalação artística, a Casa da Alice, um ambiente mais alternativo, com música, decoração e luzes neon.”

Além disso, contou com muito paetê, evidentemente! A noiva trocou o vestido por outro, com transparência, estrelas e saturno bordado no meio. Uma lindeza intergaláctica. Foi mágico compartilhar a experiência de construir um vestido com uma das pessoas que mais amo na vida. Depois de muito corta e recorta, costura e descostura, bordar estrelas e colocar mais brilho, chegamos neste resultado perfeito que me representava 100% naquele momento tão especial”.

O casal segue junto nas cores, nos fervos e nas brisas em algum lugar entre a Terra e a Via Láctea. “Não dava para ser só mais uma festa de casamento, até porque não há nada de tradicional na nossa união. Não somos marido e mulher. Somos parceiros, a favor do amor livre”, finalizou Jamile.

Publicidade

Fotógrafo do casamento: Maurilio Oliveira
Fotógrafo do ensaio pre-wedding: Felipe


Brunella Nunes
Jornalista por completo e absoluto amor a causa, Brunella vive em São Paulo, essa cidade louca que é palco de boa parte de suas histórias. Tem paixão e formação em artes, além de se interessar por ciência, tecnologia, sustentabilidade e outras cositas más. Escreve sobre inovação, cultura, viagem, comportamento e o que mais der na telha.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Primeiro museu de maquiagem do mundo tem lista de espera antes de inauguração