Ciência

Como os povos pré-colombianos podem ter evitado a extinção da Araucária

por: Redação Hypeness

Por mais paradoxo que possa parecer, se hoje o ser humano tem sido a principal ameaça à natureza, evidências biológicas e arqueológicas mostram que – há 2 mil anos, foi o próprio ser humano que teve protagonismo na expansão da araucária no Sul do Brasil. Por maior que seja uma floresta, suas árvores são plantadas uma a uma, em grande parte pelos animais, mesmo que seja involuntariamente.

extinção araucária 1

Porém, pesquisas mostraram que há 2 mil anos, a espécie Araucaria angustifolia – símbolo do Sul brasileiro e conhecida como pinheiro-do-paraná, estava ameaçada de extinção e, se não tivesse sido a ação humana, a situação não teria sido revertida. A conclusão é de pesquisadores das universidades Federal de Santa Catarina (UFSC), do estado de Santa Catarina (Udesc) e de São Paulo (USP).

extinção araucária 2

Para chegar a este resultado, o Núcleo de Pesquisas em Florestas Tropicais da UFS colheu amostras de 20 populações destas árvores e analisou as relações entre as variações genéticas e a geografia onde ocorrem – para traçar a rota da sua ancestralidade. O resultado surpreende: “Como as araucárias se expandiram por um vasto território em um período curto de tempo, esse dispersor só poderia ser um animal de grande porte – no caso, o homem”, afirma Miguel Busarello Lauterjung – que coordena o grupo, na revista Tree Genetics & Genomes. Há 2 mil anos, o homem tinha muito mais consciência ambiental que tem hoje. Curioso, não é mesmo?

extinção araucária 3

Publicidade

Fotos: Unsplash


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Conheça a história do único ser humano atingido por um meteorito