Diversidade

Grafiteiras pintam ruas de SP para a Copa do Mundo feminina

por: Tarsila Döhler

Patrocinado por: #MulherNoFutebol

Publicidade Anuncie

A Copa do Mundo está próxima o torneio feminino começa no dia 7 de junho. E, como é tradição, o entusiasmo começou a tomar conta dos fãs de futebol. A prática de pintar as ruas que toma conta do país antes do início da disputa, porém, costuma ocorrer apenas quando o campeonato é masculino. Pensando em mudar isso, algumas grafiteiras se reuniram e repintaram muros da Brasilândia, em São Paulo, com homenagens à seleção feminina de futebol, celebrando a #MulherNoFutebol.

View this post on Instagram

Toda Copa do Mundo é a mesma coisa. Quando tá chegando perto, as ruas e muros vão tomando forma e cor, tudo se transforma em verde, amarelo e azul, criando o clima com que estamos acostumados: o de torcida pela seleção brasileira. Só que isso sempre foi uma prática comum nos anos de Copa deles. Então por que não fazer o mesmo para elas? Foi com um pincel na mão e essa ideia na cabeça que algumas grafiteiras repintaram muros da Brasilândia em São Paulo em homenagem à seleção feminina de futebol. Clara Leff, Afolego e Sarah Lorenk foram as responsáveis por essa transformação na parede que antes era do Gabriel Jesus, e agora ficou de todas elas, as mulheres que nos representam com a bola nos pés. O autor do grafite do camisa 9, @digaocomprimido , autorizou a transformação e quis, ele próprio, também fortalecer essa ideia pintando a lendária Formiga em um dos muros. Afinal, #elasrepresentam e merecem demais esse reconhecimento! Bora fazer um mutirão para pintar Martas, Formigas e Cristianes por aí? FALTAM 9️⃣ DIAS! (📸Fotos: Adriana De Lucio) #grafite #elasrepresentam #grafitesp #grafiteiras #grafitti #muros #selecaofeminina #futebolfeminino #artesp #brasilandia #copadomundofeminina #copadomundo #seleçãobrasileira #jogadoras #mulherespoderosas

A post shared by Mulher, Esporte e Futebol (@dibradoras) on

As responsáveis pela transformação são Clara Leff, Afolego e Sarah Lorenk, que substituíram a imagem de Gabriel Jesus na parede pela de mulheres com a bola nos pés. A mudança foi autorizada pelo autor do desenho do jogador, o grafiteiro Digão O Comprimido, que também fortaleceu a iniciativa pintando a lendária Formiga em um dos muros. As imagens das pinturas estão sendo compartilhadas nas redes com a hashtag #ElasRepresentam.

A Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2019 acontece na França e já é histórica: a edição marca o início do crescimento em investimento e visibilidade das atletas no esporte. A estreia da seleção brasileira é contra a Jamaica e está marcada para o dia 9 de junho, às 10h30, com transmissão na TV aberta pela Rede Globo.

Publicidade


Tarsila Döhler
Jornalista, pisciana, apaixonada por brechó, cerveja gelada e livros. Natural do interior, com sonho na cidade grande. Divide a vida entre textos, diagramação, bordados e os 360 dias de espera pelo carnaval.


X
Próxima notícia Hypeness:
Megan Rapinoe dá show de cidadania dentro e fora do campo pela luta LGBT