Debate

Marca homenageia ‘mães de planta’ e recebe o ‘carinho da internet’

Tarsila Döhler - 10/05/2019

Com a proximidade do dia das mães, que acontece no próximo domingo (12), as marcas começam a divulgar suas campanhas em comemoração à data. Algumas, porém, se perdem um pouco no que o dia e a ideia de maternidade representam.

A Anacapri, por exemplo, uma empresa de bolsas, sapatos e acessórios, postou uma foto no Instagram com uma legenda que trazia o conceito de “mãe de planta”. Um trecho do texto diz que “Ser mãe não precisa ter regras, o único sentimento que precisa existir é afeto, amor e carinho. Você pode ser mãe de gato, cachorro e até mesmo planta. E no meu caso, eu sou mãe de plantas, elas me acompanham sempre”. A campanha, divulgada pela influencer Danielle Noce, também inclui o conceito de mãe de pet.

View this post on Instagram

Ser mãe de cachorro, de gato ou de qualquer outro bichinho é se preocupar com o bem estar deles todos os dias! Saber se estão bem, se estão felizes, se comeram e se um dia acontece de ficarem doentes é um aperto no coração, quem tem um desses na vida sabe bem disso, afinal de contas eles não falam e a nossa percepção tem que ser imensa pra entender o que eles querem nos dizer! Eu me sinto mãe de verdade de cada um desses pequenos e pode ter certeza que eles são minha família! ❤️? Ser mãe (de bichinhos tbm) é só amor! E a @anacaprioficial está com uma coleção linda para o dia das mães e que fala que ser mãe não tem regras! Essa mule preta que estou usando já é dessa coleção! Ela é muito linda, super confortável e perfeita pra sair correndo aqui atrás dos 3 pequenos ? Passa lá no site da @anacaprioficial pra ver a coleção completa: bit.ly/anacapridn ? Tenho certeza que você vai amar ❤️ Publi

A post shared by Danielle Noce (@nocedanielle) on

A ideia é ligar a maternidade a um amor incondicional. Isso, porém, chega a ser desrespeitoso com as mães, que passam por inúmeras barreiras sociais pelo fato de terem filhos.

Vivemos em uma sociedade em que mulheres perdem seus empregos por engravidarem e a maternidade muitas vezes significa abdicar de uma série de coisas com o objetivo de criar a prole da melhor forma possível. Especialmente no caso das mães solo. Em 10 anos, de 2005 a 2015, o Brasil ganhou 1,1 milhão de famílias compostas por elas, segundo o IBGE. Outra pesquisa, de 2016, aponta que 56,9% das famílias chefiadas por mulheres com filhos vivem abaixo da linha da pobreza e que, entre as negras, a proporção sobe para 64,4%.

Campanha gerou repercussão negativa

São mulheres que vivem tentando equilibrar a criação dos filhos, com longas jornadas de trabalho e sua vida pessoal, muitas vezes sem apoio nenhum e completamente invisibilizadas.

Pessoas que cuidam de plantas têm o compromisso consigo mesmas de regá-las e colocá-las ao sol. Elas não recebem cobranças da sociedade, não são passam a ser ignoradas por gerarem ou adotarem uma criança. Não precisam deixar de lado todas as suas prioridades para cuidar dos filhos e não necessitam de uma rede de apoio que, na maioria das vezes, é inexistente.

A legenda da foto explicava o conceito de “mãe de planta”

Divulgada no Facebook, a campanha repercutiu. Entre os comentários, uma mulher criticou a ideia, considerando o que as mães passam cotidianamente. ‘Ser mãe não precisa ter regra, o único sentimento que precisa existir é o afeto, amor e carinho’ ata. Se ser mãe fosse só isso, não tinha um monte de mãe se acabando com depressão, com ansiedade, com solidão materna, na dupla/tripla jornada de trabalho, na responsabilidade extrema que é colocada sobre ela pela educação e bem estar dos filhos, na dificuldade pra conseguir um emprego… Quem fala que pra ser mãe não precisa ter regra é pq não entende como funciona a maternidade da nossa sociedade. Se tem uma coisa que é cheia de regras é a maternidade, você é obrigada a muita coisa e a coisas que nem aguenta. Se só bastasse amor, afeto e carinho era fácil demais”, escreveu ela.

Com a repercussão negativa, a marca disponibilizou uma nota.

“Gostaríamos de pedir desculpas pelo post que fizemos. Temos um carinho muito grande por nossas seguidoras e, em nenhum momento, nossa intenção foi ofender. A Anacapri é feita por mulheres apaixonadas pelo que fazem e que se apoiam diariamente. Apagaremos o post porque o Dia das Mães é uma data de paz, de amor, de entender e respeitar o outro. Obrigada por dividirem com a gente todas as opiniões, levaremos para as próximas campanhas com muito carinho”, diz o texto na íntegra.

A publicação foi retirada do ar.

Publicidade

Imagens: Reprodução/Instagram


Tarsila Döhler
Jornalista, pisciana, apaixonada por brechó, cerveja gelada e livros. Natural do interior, com sonho na cidade grande. Divide a vida entre textos, diagramação, bordados e os 360 dias de espera pelo carnaval.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.