Ciência

Neurologista explica em vídeo o uso do canabidiol para tratamento do autismo

por: Gabriela Glette

Especializada em autismo infantil, a psicóloga Mayra Gaiato possui um canal no Youtube, onde além de esclarecer diversos aspectos desta condição, oferece diversas dicas para a educação das crianças. Na semana passada, ela publicou um vídeo no qual entrevista um médico neurologista – Thiago Gusmão, e o conteúdo inteiro foi dedicado ao uso do canabidiol para o tratamento do autismo. Didático e claro, os profissionais elucidam diversas dúvidas e ajudam a desconstruir a visão preconceituosa que muitas pessoas ainda fazem deste fármaco, pelo simples fato de ser uma das substâncias químicas canabinoides encontradas na cannabis sativa.

canabidiol autismo 1

Logo no início, o médico deixa claro que o canabidiol é o princípio ativo médico da cannabis, ou seja, ele não tem absolutamente nada de tóxico, muito menos de alucinógeno. Diferente do principal canabinoide psicoativo na maconha, o tetrahidrocanabinol (THC), o canabidiol não produz euforia nem intoxicação. E, mesmo que agora as pessoas estejam começando a se abrir para o uso do canabidiol, Gusmão alerta que, embora o composto seja natural e venha de uma planta, não é indicado para todos os casos de autismo.

canabidiol autismo 2

Geralmente indicado para as crianças que possuem sérios distúrbios comportamentais, o canabidiol é altamente eficaz em casos de agitação, agressividade e distúrbios do sono. Se os fármacos tradicionais já foram utilizados e não fizeram efeito, então é a hora de entrar com ele. A substância também possui eficácia comprovada em tratamentos para epilepsia e, inclusive, alzheimer.

 

 

Publicidade

Foto 1: reprodução Youtube

Fotos 2 e 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Segundo estudo, na pré-história, os crocodilos vegetarianos eram maioria