Inovação

Novo trem bala chinês quebra recordes e atinge 600 km/h

por: Gabriela Glette

Viajar de trem é agradável, confortável, prático e em breve será tão ou mais rápido do que andar de avião. Desenvolvido pela estatal chinesa Railway Rolling Stock Corporation (CRRC), o novo trem bala chinês consegue transportar passageiros a velocidades de até 600 km/h e faz o percurso Xangai – Pequim em três horas e meia. De avião, este mesmo percurso leva uma hora a mais. No momento em período de testes, o trem começará a ser produzido em escala comercial a partir de 2021.

trem bala china 1

O que garante esta velocidade é uma tecnologia chamada maglev, que o faz viajar a partir de uma espécie de almofada de ar, magneticamente motorizada, em vez de usar rodas que ficam em constante atrito com os trilhos. Vale dizer que o país já faz uso desta tecnologia, com um trem que chega a 431km/h, e faz o percurso entre o aeroporto de Xangai e o centro da cidade.

trem bala china 2

Com design futurista e tecnologia de última ponta, este trem irá diminuir drasticamente o tempo de deslocamento na China e promete revolucionar os meios de transporte no mundo todo. O transporte ferroviário é extremamente eficaz – inclusive em níveis energéticos, mas infelizmente o Brasil preferiu investir muito mais em rodovias. Dentre os países do mundo que possuem as maiores vias férreas estão a Rússia (com cerca de 87 mil quilômetros), seguido da China (cerca de 70 mil quilômetros) e da Índia (cerca de 60 mil quilômetros).

trem bala china 3

Publicidade

Foto 1: SCMP

Fotos 2 e 3: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Confira os melhores momentos da 5ª edição do Wired Festival Brasil