Sustentabilidade

Pesquisa compara impacto ambiental de capsulas de café e filtros de papel

por: Mari Dutra

Uma pesquisa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT)  comparou o impacto gerado em diferentes maneiras de preparar o café. As descobertas confirmam o que já suspeitávamos: quando comparado com o café passado em filtros de papel, o cafezinho em cápsula pode ser até 14 vezes mais prejudicial ao meio ambiente.

Para chegar a essa conclusão, as pesquisadoras consideraram o lixo gerado de acordo com o modo de preparo da bebida. Enquanto as cápsulas são feitas de alumínio e plástico e de difícil reciclagem, os coadores levam apenas fibra de celulose em sua composição.

Segundo Cláudia Teixeira, chefe do Centro de Tecnologias Geoambientais do IPT, a diferença é enorme. A pesquisadora aponta que cerca de 2,6 kg de plástico e alumínio seriam descartados ao ano por pessoa que escolhesse usar as cápsulas de café – as analisadas pelo estudo continham uma mistura dos dois materiais. A título de comparação, são gastos somente 183 g de papel para passar até 10 cafezinhos.

Se considerarmos apenas o volume de lixo gerado pelos materiais, poderíamos dizer que as cápsulas são 14 vezes mais nocivas ao meio ambiente, mas as diferenças não acabam aí.

Como o papel é um recurso biodegradável, ele pode passar por um processo de compostagem e, junto com a borra do café, virar adubo. Em contrapartida, alumínio e plástico não são renováveis e, caso não sejam reciclados, levam centenas de anos para se decompor em um processo que gera danos ao meio ambiente.

Xícara de café cercada de grãos de café

Foto: Divulgação

Como descartar as cápsulas de café

Normalmente as cápsulas de café descartadas no lixo comum não serão recicladas. Isso ocorre porque a embalagem é de difícil reciclagem e precisa passar por um tratamento especial, visto que costuma ser produzida com uma mistura de materiais.

Quem não quer deixar esse hábito pode buscar alternativas para se certificar de que, ao menos, as cápsulas usadas serão recicladas. Para isso, o mais recomendado é entrar em contato com a fabricante e se informar sobre a existência de programas de logística reversa e coleta de cápsulas – a Nespresso recolhe cápsulas usadas de suas máquinas nas lojas da marca, por exemplo.

Cápsulas de café

Foto: CITYEDV

Por último, sempre é possível considerar outras maneiras de fazer o cafezinho: já pensou em dar uma chance ao filtro de pano ou uma cafeteira italiana? Você evita gerar resíduos e pode beber um café com um menor impacto ambiental.

Leia também: Você está fazendo café da forma errada, segundo a ciência

Publicidade

Créditos sob as imagens


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Designers criam couro vegano feito de cascas de maçã