Cobertura Hypeness

Se beber, durma na cervejaria. Foi isso que nós fizemos e você também pode fazer

por: Bárbara Fonseca

Publicidade Anuncie

Na semana passada recebi um convite inusitado: “Quer dormir em uma cervejaria na zona oeste de  São Paulo e contar como é essa experiência pra gente?”. Como eu amo cerveja e novas experiências, aceitei a proposta no ato, peguei uma mochila e fui, na quinta-feira (25), dormir no quarto em cima da cervejaria.

A Cervejaria Avós nasceu há três anos no bairro da Vila Ipojuca, com o objetivo de fazer somente cervejas do tipo Lager, um desafio de trazer cervejas diferentes, mas sempre de baixa fermentação, para o mercado cervejeiro, que, no Brasil, tem dado destaque para cervejas do tipo Ale, como por exemplo a IPA (Indian Pale Ale), queridinha dos iniciantes no mercado artesanal pela sua potência alcoólica, forte amargor e aroma de lúpulos.

O imóvel de mais de 80 anos onde ela habita foi alugado para ser o escritório do seu fundador, Junior Bottura, e por livre e espontânea pressão dos moradores do bairro (que sempre o visitavam pedindo cerveja e até levando suas próprias cadeiras para beber na calçada), acabou virando um bar-empório. Depois de quatro meses de reforma no imóvel, no final de 2018 a Casa Avós se tornou um Brew Pub (nome dado à fábrica-bar das cervejarias).

Eu conheci o bar antes da reforma, quando as cervejas ainda não eram feitas ali. O clima de “casa de vó”, entretanto, já estava lá, nas paredes de tijolinhos e nos mobiliários e decoração antigos. O nome da cervejaria é em homenagem às avós do Junior, um sortudo que teve a sorte de conhecer e conviver com suas duas avós e as quatro bisavós.

Todos os rótulos levam o nome de alguma delas e brincam com alguma característica particular de cada uma. O clima da casinha (me senti tão a vontade que já dei até apelido carinhoso para o lugar) é igual ao da casa de uma avó mesmo.  Sabe quando você chega na casa da sua vó e sente aquele cheiro bem específico da casa somado ao do bolo quentinho, que acabou de sair do forno, e uma recepção calorosa? Então, é mais ou menos o que acontece na Casa Avós, mas fui recebida com cerveja e particularmente, gosto mais do que de bolo.

Publicidade

Tomar uma cerveja fresca, “direto da fonte”, em um bairro super tranquilo no meio do caos da cidade já é um programa e tanto. Agora imagina poder fazer tudo isso e não precisar se preocupar em voltar para casa! O imóvel onde fica a cervejaria tem um andar superior que depois de desocupado pelo antigo inquilino, deu espaço para um quarto que pode ser alugado pelo Airbnb.

O quarto poderia ser o da casa da minha ou da sua avó, não fosse por um detalhe: tem uma torneira de chope exclusiva! Ao fazer check-in você escolhe um dos chopes que estão disponíveis no bar e ele sai direto da câmara fria para beber no conforto do seu quarto. O bar conta com sete torneiras de chope com preços que variam de R$8,00 a R$25,00 o copo de 300ml. Não é uma tarefa fácil, mas a dica é provar todos para escolher o que levar para o quarto.

O andar de cima é uma experiência a parte. Convidei uma amiga que também é amante de boas cervejas (além de uma curiosa jornalista) para me acompanhar nessa e a conclusão das duas foi a mesma: que experiência gostosa!

Além do quarto, tem um espaço comum muito acolhedor. Uma sala com uma pequena biblioteca, um banheiro com um ótimo chuveiro e toalhas cheirosas e um terraço com muitos canteiros de ervas e temperos, um ótimo lugar para tomar a saideira ou o café da manhã.

A cobrança do consumo no Airbnb é na base da confiança. No dia seguinte, ao fazer o check-out, você conta quantos chopes tomou e paga pelo que consumiu. Além da torneira de chope, o quarto conta com duas camas de solteiro, um frigobar recheado com opções de cerveja em lata, água e algumas bebidas não alcoólicas, uma máquina de café expresso para levantar no dia seguinte e uma televisão com Netflix disponível para você relaxar enquanto aprecia uma cerveja fresquinha.

Se você não é de São Paulo e ainda não tem lugar para se hospedar quando vier à cidade: fica a dica. Se você é daqui e também ama cervejas artesanais e novas experiências: fica a dica também. 😉

A localização é feita via AirBnb daquele jeitinho que você já conhece então é só clicar e reservar.

Serviço:

Onde fica:  Rua Croata, 679, Vila Ipojuca, São Paulo.

Horário de funcionamento:  quarta a sexta 17h30/23h; sábado 12h/23h; domingo 12h/22h.

Publicidade Anuncie


Bárbara Fonseca
Cervejeira, feminista e torcedora de arquibancada, não perde a oportunidade de levar o protagonismo feminino para esses espaços. Cientista social, é de humanas, mas não tem medo de planilha. Recentemente, mergulhou de cabeça em sua paixão: assina as criações da Cervejaria Catimba e integra o coletivo cervejeiro feminista Sailorina.


X
Próxima notícia Hypeness:
O maravilhoso café que serve nuvens de algodão doce para melhorar o seu dia