Viagem

Skiplagging: a tática dos viajantes experientes para pagar mais barato nas passagens

por: Mari Dutra

Viajantes experientes usam o chamado “skiplagging” para economizar em passagens aéreas. A prática, no entanto, pode gerar processos aos passageiros expertinhos.

Quem explica o funcionamento da ideia é a BBC. Trata-se de uma forma de burlar o sistema de preços das companhias aéreas. Funciona assim: você pesquisa uma passagem para São Paulo, por exemplo, e se depara com um preço muito alto. Digamos que um voo com destino ao Rio de Janeiro e conexão na capital paulista saia mais barato. Basta comprar a última opção e sair de fininho na hora de trocar de aeronave.

Homem sentado no aeroporto observa um avião decolar

“- Adeus voo que eu acabei de perder de propósito”. Foto: JESHOOTS.COM

Com essa prática, o viajante deixa de utilizar o trecho final da passagem, mas pode economizar no trajeto. Porém, é importante voar apenas com bagagem de mão, visto que malas despachadas costumam ser enviadas diretamente ao destino final do voo. O site Skiplagged ajuda a encontrar os preços mais econômicos destes voos “escondidos” e afirma que passageiros podem obter preços até 80% mais baixos.

Recentemente, a prática ganhou as manchetes após a Lufthansa processar um passageiro que não utilizou todos os trechos de seu voo. A empresa solicitou uma indenização no valor de mais de U$ 2.000. Após perder em primeira instância, a companhia aérea afirma que irá recorrer da decisão.

Leia também: Nova plataforma criada no MIT encontra os voos mais baratos do mundo

Publicidade

Crédito sob as imagens


Mari Dutra
Criadora do Quase Nômade, contadora de histórias, minimalista e confusa por natureza, com os dois pés (e um pet) no mundo. Chega mais perto no Instagram.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Turista ultrapassa barreira e morre ao cair de penhasco de 80 metros de altura