Agenda Hypeness

26 eventos para encerrar junho nos arraiás, shows e festas da vida

por: Gabriela Rassy

Junho vai chegando ao fim e com ele boa parte das festas juninas dão lugar aos eventos de férias. Inverno ameno chegou sorrateiro e nem despertou aquela vontade de coberta. Bom para nossa agenda que está fervendo de shows, festas, mostras e peças.

Em São Paulo, destaque especial para o FAM Festival e sua mistrura de arte, música e gastronomia; para o Dia Municipal do Reggae com uma programação linda e gratuita; para o show da Amanda Magalhães e para o Cinéclub – Cinema Africano, além da enxurrada de arraiás, como o da Praça da Sé e o Samba do Sol.

No Rio de Janeiro rolam muitos festejos juninos, com destaque para o MAR de música; Bud Basement com shows e festas; além do Cinefesta no terraço da Fundição.

Vem na minha!

São Paulo

#multicultural

Fam Festival @ Parque Burle Marx
27 e 28 de julho, entre 10h e 21h
Evento Gratuito
O evento ao ar livre proporciona ao público a ocupação da cidade com programação gratuita que transita entre as artes plásticas, performáticas, música, gastronomia e feira de economia criativa. Em sua 4ª edição o evento conta com dez renomados restaurantes e também foodtrucks de todo o país somados à aproximadamente 30 horas de programação. Um dos destaques da programação é o Grupo Ares, que realiza apresentações de dança em um paredão vertical com bailarinos acrobatas suspensos por cordas. Entre as atrações musicais, está confirmada a presença da cantora norte-americana Alma Thomas em uma homenagem a diva do soul Aretha Franklin.

#show

Xenia França @ Sesc Ipiranga
28 e 29 de junho, 21h
R$ 9 Credencial Plena | R$ 15 Meia-entrada | R$ 30 Inteira
A ótima receptividade do álbum Xenia, que marcou a estreia-solo da cantora e compositora Xenia França, proporcionou voos altos à artista. Indicada ao Grammy Latino na categoria Melhor Canção em Língua Portuguesa, “Pra Que Me Chamas?”, que faz referência aos ancestrais da cantora, manifestando que a história dela não começou no seu ano de nascimento, mas muito antes disso, abre a sequência de músicas da noite. No repertório, “Minha História”, “Miragem”, “Tereza Guerreira”, “Perfeita pra Você”, entre outros.

Luiza Lian @ SESC Pompéia
28 de Junho, 21h
R$ 20 inteira, R$ 10 meia, R$ 6 carteirinha
Em espetáculo inspirado no cinema expandido, Luiza Lian apresenta
ao lado do produtor Charles Tixier, o repertório autoral dos álbuns “Azul Moderno” e “Oya Tempo”; Em um show extremamente sensível, feminino e cheio de camadas visuais, Luiza resgata referências da música brasileira do sec. XX em um repertório extremamente contemporâneo, levando o espectador a um portal onde ancestralidade e tecnologia se fundem.

Zé Pereira + Sol a Pino + Dirimbó – lançamento “Monotonia” @ Fau-haus
Sexta-feira, 28 de Junho, 20h
R$15 (lista) e R$ 20 (porta)
De “Monotonia”, o novo single do Zé Pereira só leva o nome. Segundo lançamento do EP Tropical Concreto, que sai ainda no primeiro semestre de 2019, a canção, com batida de funk e poética caetaneada, chega agora acompanhada de um clipe inédito e animado.

Amanda Magalhães @ Secretinho
Sábado, 22h
R$ 15
No show, o público poderá ouvir canções inéditas do seu álbum de estreia (previsto para o final do ano), além das já conhecidas “Vai Ouvir”, “Fazer Valer” (parceria com o rapper Rincon Sapiência), e “Coração Só”, single que será lançado na semana que vem.

Karol Conka e Black Mantra @ Cine Joia
Sábado, 29, 23h30
R$30 antecipado e R$40 na porta
Em edições pontuais, a banda Black Mantra e o DJ Daniel Tamenpi apresentam o “Só Pedrada Musical Sessions”, um encontro que homenageia repertórios e discos emblemáticos brasileiros, convidando artistas e DJs, propondo interpretações fora do convencional. Após o sucesso do primeiro encontro com a Black Mantra convidando BNegão para tocar músicas da fase Racional de Tim Maia, agora quem chega junto é a cantora Karol Conka pra uma homenagem ao Maestro do Canão, Sabotage, lenda do rap brasileiro. A banda Black Mantra irá recriar os beats em formato de big band e Karol Conka irá interpretar alguns grandes clássicos ao vivo.

#festa

Arraial de São Paulo @ Praça do Patriarca e Sé
27, 28 e 29 de junho, quinta e sexta, das 12h às 19h, sábado das 12h às 23h
Grátis
No dia 27, a diversão começa com Ó do Forró, ao meio-dia, seguido pela intervenção Bumba Meu Boi, da Trupé Cia. de Artes, às 14h. O happy hour fica por conta da tradicional Quadrilha Asa Branca, às 17h, e é seguido pelo show “Viva Gonzagão”, com Anastácia, Ayrton Montarroyos, Eliana Pittman e Maria Alcina. No dia 28, a banda experimental de pífanos e percussão Epifolias se apresenta ao meio-dia, seguido pela Trupé Cia das Artes, com “Carimbó e Ciranda”, às 14h. No final do dia, é hora de dançar com a Quadrilha Asa Branca e, depois, curtir o show de Renato Teixeira com Yassir Chediak. Já no dia 29 tem Arraial da Amazônia com Fafá de Belém e Boi Pavulagem, 15h, show “Viva Dominguinhos”, com Mestrinho, Chico César, Anastácia e Maria Alcina, 18h, e Luan Santana, 21h.

Festa junina @ Ocupa 9 de julho
29 e 30, das 12h às 21h
Grátis
A Ocupação 9 de Julho se enfeita e prepara suas barracas para receber a todxs de portas abertas com muita força e alegria na luta diária por moradia e cidadania em São Paulo! Os moradores irão oferecer os mais deliciosos quitutes juninos preparados com muito carinho. A Cozinha estará com um menu especial sob comando do Chef Tejinho! No som, Rachada do Coco, às 14h30, Os Capoeira, às 16h, Brisa Flow, às 17h30, Bia Ferreira + Doralyce, 18h30, e Ava Rocha + convidadxs, às 20h. No domingo rola Perfumaria, Big Up, Filipe Catto e encerramento às 18h30 com Mariana Aydar + Ana Cañas, Chico César e Marcelo Jeneci.

Arraiá Samba do Sol @ Fábrica de Cerveja Tarantino
Domingo, 14h
Grátis
Grande RODA DE SAMBA com Roberta Oliveira e o Bando de Lá (+ sanfoneiro!), DJ Ian Valentin (diretamente da Paraíba), DJ Kim Cotrim, DJ Marina Lopes e Tambor de Crioula e Forró de Rabeca com a Banda Sarrabulho.

Dia Municipal do Reggae “Reggae é a lei” @ Praça da República
Domingo, 11h às 20h
Grátis
O 3º Dia Municipal do Reggae #reggaeealei leva a linguagem da cultura do reggae para praça da República, em novo marco histórico no centro do município de São Paulo. Neste dia, além de shows no palco e a tradicional arena com sistema de som, o festival “Reggae é a Lei” traz para a edição mesa de debate do gênero feminino da cultura reggae e rastafari, apresentação com tambores nayabinghi, palestra sobre educação alimentar, sarau, exposição fotográfica, exibição de documentários cinematográficos e a feira de expositores também fazem parte do circuito de atrações. Destaque para os shows de Laylah Arruda & Organika, às 15h40, Sue & Mokaya, às 17h30 e Monkey Jhayam, às 21h10. Nos sistemas de som, chegue junto para ver as minas mandando ver no Aqualtune Sistema de Som, às 15h30, e Ruido Rosa, às 17h30.

#arte

Vaivém @ CCBB
até 29 de julho, de quarta a segunda, das 9h às 21h
Grátis
A exposição investiga as relações entre as redes de dormir e a construção da identidade nacional no Brasil. Quando a rede – criada por diferentes povos originários ameríndios – passou a ser associada de maneira direta com o território brasileiro e a noção de brasilidade? A exposição caracteriza-se por seu caráter trans-histórico, reunindo artistas de distintos contextos sociais, diferentes períodos e regiões do país, que refletem sobre permanências, rupturas e resistências na representação e nos usos das redes de dormir na arte e na cultura visual brasileiras. Com curadoria de Raphael Fonseca, a mostra reúne cerca de 300 obras de coleções públicas e privadas, algumas especialmente criadas para o projeto.

DO – A Caminho da Serenidade @ Japan House
29 de junho a 4 de agosto | Terça-feira a Sábado, das 10h às 20h, Domingos e feriados, das 10h às 18h
Entrada gratuita
Realizada em parceria com a Associação de Ikebana do Brasil, a mostra apresenta trabalhos especiais, instalação permanente e programação paralela que retratam e desvendam detalhes desta filosofia, também conhecida como Kado, – literalmente ‘ka’ (flores) e ‘do’ (caminho). Trazida ao Brasil pelos imigrantes japoneses, a arte da Ikebana está diretamente ligada a outras tradições englobadas pela filosofia DO, como Chado (Chá), Kodo (Incenso) e Budô (artes marciais), entre outras. Repleta de simbolismos que tem como ponto principal o céu, a terra e a humanidade, sua composição harmônica reúne, em um só arranjo, ritmo, cor e linearidade. Diz-se que o ato de deixar uma flor na vertical ao montar um arranjo, remonta à antiga crença de que os deuses descem à Terra por intermédio desta flor, que está de pé.

#cinema

Cinéclub – Cinema Africano Hoje: Um panorama @ Reserva Cultural
Domingos, 28 de junho, 30 de julho e 25 de agosto | 9h30 Café da manhã + 10h30 filme
R$ 8
O projeto traz três longas-metragens de diretores africanos ligados ao universo da francofonia, e produzidos durante a última década. A partir de diferentes pontos de vista, Moussa Touré (Senegal), Phillipe Lacôte (Costa do Marfim) e Sekou Traoré (Burkina Faso) retratam os dilemas da vida urbana no continente, a situação política e as negociações cotidianas face ao mundo globalizado.

#cênicas

O Poder da Música e a Serpente Encantada @ Fonte – Vale do Anhangabaú
quinta, 27, 17h30
Grátis
O público é guiado por um brincante contador de histórias que entre as rimas de cordel, entra no universo musical dos folguedos populares. Destacam-se personagens como a Banda Nordestina e seus pífanos, brincantes do boi, o Caboclo de Lança e os reis do Maracatu Nação. Ainda são mostrados neste espetáculo ritmos como o Cavalo-marinho e o Baque Solto, brincadeiras e jogos rítmicos com a participação do público, como Catira e Maculelê.

O Aniversário de Jean Lucca @ Teatro Sérgio Cardoso
22 de junho a 14 de julho | Sábados, domingos e segundas, às 20h
R$30 (inteira) e R$15 (meia-entrada, inclusive para moradores do Bixiga)
Nova figura da dramaturgia paulistana atual, Dan Nakagawa estreia seu terceiro espetáculo definido por ele mesmo como um “quase” musical do Teatro do Absurdo. A montagem, que teve sua primeira leitura dramática em Estocolmo, na Suécia, em dezembro de 2018, estreia com Adriane Hintze, Alef Barros, Alexandre Fernandes, Camilla Ferreira, Dagoberto Macedo, Dalton Caldas, Elisete Santos, Igor Mo, Mariana Torres, Maristela Chelala e Vivian Valente no elenco. Com forte influência da dramaturgia de Samuel Beckett, Matéi Visniec e Eugène Ionesco, a peça narra os preparativos da festa organizada por uma babá para comemorar o aniversário do menino Jean Lucca, filho único de um casal que mora em um luxuoso condomínio nos arredores de São Paulo. Essa criança nunca é vista na peça e sobre ela pouco se sabe, nem mesmo a sua idade ou aparência física.

Rio de Janeiro

#show

ForRódaTaylor @ Parque das Ruínas
Sexta, 18h
R$ 12 a R$ 20
Um encontro de músicos e amigos que amam a cultura do nosso povo e não conseguem ficar só assistindo, têm que batucar, dançar e cantar a todos os pulmões! É cedinho estilo happy hour, pra confraternizar e dar aquele esquenta pra noite de sexta!

Nação Zumbi : : Rádio S.AMB.A @ Circo Voador
Sexta, 22h
R$ 50 (meia ou ingresso solidário válido com 1kg de alimento)
“RÁDIO S.AMB.A.: Serviço Ambulante de Afrociberdelia” é um clássico da música brasileira. Lançado em 2000, o quarto álbum da Nação Zumbi – primeiro de inéditas da banda sem Chico Science – ganha dois shows únicos no Brasil: um deles em São Paulo e outro, dia 28 de junho, no Circo Voador. A noite também será marcada pelo lançamento do disco em vinil e pela exibição do documentário ‘Rádio S.AMB.A. o Doc’.

#festa

MAR de Música: Festa Junina com Sexteto Sucupira + Virimexe @ MAR
Sexta, 18h
R$ 5 (meia-entrada) | R$ 10 (inteira)
Neste mês, o MAR de Música será em clima de festa junina! O nosso arraiá irá contar com shows do Sexteto Sucupira e do grupo VIRIMEXE, além de barraquinhas dos Vizinhos do MAR, com bebidas e comidas típicas. O Sexteto Sucupira apresentará nos pilotis do museu o show Forró Jazz Cigano Tropical, que remete a heranças culturais Ibéricas, com influências africanas, orientais e indígenas, assim como choro, música caribenha e jazz, evidenciando todo o seu potencial multiétnico em constante renovação.

Bud Basement RJ :: Letrux, Minha Luz é de LED, Omulu @ Sacadura Cabral, 154
Sábado, 22h
R$ 30
O evento conta com grandes atrações no porão mais descolado da cidade, além de muita música boa e esporte. No som, Letrux, Minha Luz é de LED, Omulu, Lux & Tróia, Ju Schultz, Yas Vilhena, Tata Ogan, Odara Kadiegi e Bruno Eppinghaus.

Arraiá da Garagem convida: Vem Cá, Minha Flor! @ Garagem
Sábado, dia 29, às 22h30
R$ 10 antecipado
A Garagem se enfeita, floresce e convida para essa segunda edição o Bloco Vem Cá, Minha Flor, preparando um repertório com muito forró, e tradições juninas. Podem esperar as tradicionais barracas para receber a todxs vocês com muita força e alegria na luta diária por cultura e cidadania no Rio de Janeiro! No som ainda tem Forró de Pife e Tarcísio Cisão Cisão (Amigos da Onça, Vulcão Erupçado).

Arraiá Da BOHO! @ BCo.
Sábado, 23h
R$ 20 a R$ 30
Chegou a hora do nosso Arraiá da Boho. Acenda a fogueira desse corpo, bote essa caipira poc pra jogo e vem esquentar a nossa pista na Festa Junina mais saidinha do Rio. Aqui vale formação de quadrilha com quem você quiser e se alguém gritar “ olha a cobraaa”, pode ser que seja verdade. Então venha preparado pra mostrar pro touro mecânico quem é que manda nesse Arraiá, se deliciar com nossas lariquinhas típicas e ser o convidado VIP da nossa Barraca do Beijo. O caminho da roça é o Bco Makers, aquele sítio do interiorrr com nome de cidade grande. E eu to te esperando pra gente dançar e ser feliz juntos e shallow now.

#arte

Pic-nic no front @ Galeria da Gávea
28 de junho a 26 de agosto
Grátis
Essa exposição resume seis décadas de trabalho de um dos mais marcantes fotógrafos brasileiros contemporâneos. A obra de Pedro de Moraes se desenvolve em diferentes direções simultaneamente.

#cinema

Cinefesta @ terraço da Fundição
Sexta, 20h
R$ 15 com nome no mural do evento (lista amiga) ou enviando um e-mail para: contato@fundicaoprogresso.com.br | R$ 20 sem lista
Uma tela de projeção ao ar livre, clima de festa na laje e a Lapa vista de um novo ângulo. A CINEFESTA vai ser a melhor saída na sexta-feira,. Após a sessão, o terraço vira uma pista intimista para os frequentadores que podem colaborar na playlist – normalmente inspirada pelo filme exibido na noite. Projeção do filme Chico, ou O País da Delicadeza Perdida – de Walter Salles Jr. e Nelson Mota – Gravado na Fundição Progresso em 1989 #AcervoFundição.

O matador de ovelhas (Charles Burnett) | Sessão Cinética @ IMS Rio
Sábado, 16h
R$8 (inteira) e R$4 (meia)
Uma das mais conhecidas produções do conjunto de filmes que ficou conhecido como L.A. Rebellion, “O matador de ovelhas” apresenta o cotidiano de uma família negra no bairro de Watts, em Los Angeles, na segunda metade dos anos 1970, em um contexto de crise e ressaca da industrialização. Frustrado por problemas financeiros e sua reverberação na vida familiar, Stan trabalha em um matadouro especializado no preparo de ovelhas para o abate.

#gastronomia

Festival de Inverno da Junta Local @ Cidade das Artes
Sábado, a partir das 12h
Grátis
A Junta Local estará de volta à Barra da Tijuca para promover seu primeiro Festival de Inverno, trazendo uma curadoria especial voltada para a estação, com muito queijo, vinho, chocolate, café, e também música. Como todas as feiras da Junta Local, há uma enorme variedade de produtos, tanto para se fazer a feira, como para se beber e beber na hora, sempre com muita troca e relação direta com os pequenos produtores que fazem parte do coletivo.

Publicidade

Destaque: Samba do sol por Studio Vikings by Charlie Silva


Gabriela Rassy
Jornalista enraizada na cultura, caçadora de arte e badalação nas capitais ensolaradas desse Brasil, entusiasta da cena musical noturna e fervida por natureza.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘A Divisão’ recria série de sequestros no Rio e tenta fugir de dinâmica ‘mocinho x bandido’