Inspiração

Dibradoras lançam Observatório de Futebol Feminino para acompanhar números da Copa

por: Redação Hypeness


As Dibradoras anunciaram nesta segunda-feira, 1o, o lançamento de um Observatório de Futebol Feminino. A iniciativa se dará nas redes sociais durante a Copa do Mundo e busca mostrar o impacto e o engajamento do público com os jogos do mundial.

O projeto está sendo feito em parceria com a Vert Inteligência Digital e com a plataforma de monitoramento Stilingue. A primeira divulgação de dados retratou como as pessoas estavam se relacionando online com a partida entre o Brasil e a Jamaica.

Durante o jogo do Brasil, os 5 assuntos mais comentados no Twitter eram sobre a partida“, comenta a legenda de uma foto publicada no Instagram das Dibradoras, que anuncia o lançamento do Observatório. As jogadoras mais mencionadas neste dia foram Marta (15%), Cristiane (13%) e Formiga (5%).


Além disso, enquanto 54% do público que comentava o evento era feminino, houve também uma significativa participação dos meninos, que contribuíram com 36% dos comentários – os 10% restantes foram feitos por organizações. De acordo com os dados, o alcance da conversa foi de mais de 15 milhões de pessoas.

Além dos dados que foram divulgados nas redes sociais, o Observatório ganhou um site próprio, em que reúne gráficos que mostram o sentimento das pessoas em relação ao futebol feminino, informações sobre a presença das jogadoras nas redes sociais e até mesmo uma amostra de quais são os principais veículos, comunidades e influenciadores que têm abordado o tema.

Para conferir todos os dados, clica aqui.

Publicidade

Foto em destaque: Assessoria/CBF

Fotos no corpo do texto: Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Empreguei o homem que me abandonou grávida’: a história de luta desta empresária é inspiradora