Debate

Garota de 13 anos pede ajuda a amigo e pai é preso por estupro

por: Redação Hypeness

Estuprada sucessivas vezes pelo próprio pai, uma adolescente de 13 anos conseguiu se livrar dos abusos graças a uma troca de mensagens com um amigo. O caso aconteceu entre os dias 5 e 6 de junho, em Nova Olinda, região Norte do Tocantins. 

“Meu pai tá toda hora vindo e me estuprando. Me ajuda, por favor”, pediu a jovem. 

– Após palestra de educação sexual, menina denuncia padrasto por estupro

Segundo informações do G1, o agressor sexual aproveitou a ausência da mãe, que se internou para dar à luz a seu filho. “Eu tô tentando trancar a porta”, escreveu a garota, que revelou sangramento nas partes íntimas e que o pai estava armado. 

A jovem está sob os cuidados do Conselho Tutelar

O amigo, então, acionou a polícia, que ao chegar na casa, prendeu o abusador em flagrante. De acordo com o delegado, o homem tinha com o short rasgado e a genitália exposta. A adolescente seguiu para o posto de saúde e passou por exames que confirmaram o estupro. 

A menina está sob proteção do Conselho Tutelar. Ela revelou aos conselheiros que os abusos ocorrem há pelos menos quatro anos e como ameaça, o pai empunhava um revólver calibre 32

Vamos falar de educação sexual? 

O Brasil ocupa o 11º lugar no ranking de abuso e exploração sexual infantil. Segundo o relatório ‘Out of the Shadows’ publicado pela revista britânica The Economist, “o estigma e a falta de uma discussão aberta sobre o sexo, direitos das crianças e gênero” interferem no resultado final. 

– Adeola: mulheres negras se vestem de princesas pelo ensino de África nas escolas

– Quem é o professor do interior de SP que disputa o prêmio ‘Nobel da Educação’

A escassez de informações implica na associação equivocada entre educação e relações sexuais. Entre 2011 e 2017, cerca de 184 mil casos de violência sexual contra crianças foram registrados no Brasil. É que diz boletim epidemiológico do Ministério da Saúde. 

“Para mudar este cenário, é importante criar ambientes que sejam acolhedores e inclusivos nos espaços frequentados pelas crianças e adolescentes, nas famílias, escola, igrejas. Um trabalho de prevenção se faz com informação, especialmente sobre o funcionamento do corpo, a construção da sexualidade, visando empoderar nossas crianças”, explicou ao G1 Itamar Gonçalves, da ONG Childhood Brasil.

Bolsonaro é contra educação sexual nas escolas

Bolsonaro: ‘quem ensina sexo pra criança é o papai e a mamãe’ 

O presidente, no entanto, pensa diferente. Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro se disse contra a abordagem da sexualidade dentro das salas de aula. “Quem ensina sexo para a criança é o papai e a mamãe.  Escola é lugar de aprender física, matemática, química. Fazer com que no futuro tenhamos um bom empregado, um bom patrão e um bom liberal”, declarou. 

O astrólogo e filósofo Olavo de Carvalho, apontado como guru da presidência, afirmou o seguinte à Folha de São Paulo, “quanto mais educação sexual, mais putaria nas escolas”. 

A aversão ganhou força com o avanço do conservadorismo em Brasília. Tramita no Congresso uma versão mais dura do Escola sem Partido, que pretende guiar “a educação escolar nos aspectos relacionados à educação, moral, sexual e religiosa” a partir de valores familiares. 

Publicidade

Fotos: foto 1: Reprodução/foto 2: Rovena Rosa/Agência Brasil


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Mãe diz que blogueira falou sobre suicídio: ‘Não levei fé, não acreditei’