Diversidade

Homofóbico reclama no LinkedIn e é demitido

por: Redação Hypeness

Paira nas redes sociais a sensação de liberdade. Para o bem. Mas, para o mal também. Isso ficou comprovado com o caso de um funcionário da Votorantim. Ele acabou demitido depois de comentário homofóbico no Linkedin – rede social voltada para o intercâmbio profissional. 

– Já pensou em combater o discurso de ódio na internet?

Com a empresa onde trabalha identificada no perfil, o homem criticou texto sobre liderança LGBTQAI+ nas empresas postado pelo Nubank. 

“Líder é líder, independente da escolha sexual. Agora, ter um líder LGBt…é de uma idiotice sem tamanho”, escreveu o homofóbico. 

Não demorou muito para a Votorantim se manifestar. Ao comunicar a demissão,  companhia destacou o compromisso com a diversidade e contra homofobia. “A Votorantim Cimentos reforça que não admite discriminação ou preconceito de nenhuma natureza, sejam eles de raça, religião, faixa etária, sexo, convicção política, nacionalidade, estado civil, orientação sexual, condição física ou quaisquer outros”.

– Homofobia e transfobia passam a ser crime no Brasil

– Netflix reúne time de artistas negros em foto icônica para celebrar diversidade

A empresa pontuou ainda que “possui respeito às pessoas como valor incondicional e condena qualquer postura que não esteja condizente com seu Código de Conduta. Com isso, após análise desse comportamento repudiado pela empresa, esclarecemos que o autor do post não faz mais parte do quadro de empregados da Votorantim Cimentos”, encerrou. 

Em contato com o Hypeness, a Votorantim confirmou o desligamento, mas pondera que “o procedimento foi o usual, o líder conversou com ele [ex-funcionário] e somente depois disso a empresa se posicionou publicamente”. 

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Espero o dia que isso não seja mais notícia’, diz Matheus Ribeiro após estreia no JN