Ciência

Inteligência artificial da Adobe consegue descobrir Photoshop em imagens

por: Vitor Paiva

Em um mundo cada vez menos confiável, em que nem uma imagem ou mesmo vídeo servem mais como provas da realidade de um eventual fato registrado, enfim uma boa notícia: através da Inteligência Artificial, a Adobe – empresa responsável por um dos programas mais utilizadas para se alterar imagens, o Photoshopanunciou o desenvolvimento de uma ferramenta capaz de justamente identificar quais imagens foram alteradas. O projeto vem sendo desenvolvida por pesquisadores da própria empresa junto de colaboradores da Universidade de Berkeley.

Ainda em fase inicial de desenvolvimento, a ferramenta é ainda um protótipo, identificando somente imagens alteradas através do Photoshop Face Aware Liquify, mas a ideia é que a tecnologia se expanda para além do software. A opção é capaz não só de identificar as alterações como de restaurar os rostos modificados ao seu estado original – e com eficácia impressionante: enquanto pessoas que participam do estudo só foram capazes, a olho nu, de identificar alterações no próprio rosto em 53% dos casos, o novo software apontou as modificações com 99% de acerto.

A recorrente preocupação da Adobe com o tema aponta um compromisso evidente de combater a má fama que seus softwares, tão importantes para o mundo das imagens, também possuem, como principais ferramentas de fotos mentirosas no mundo contemporâneo. Segundo a empresa, a novidade não possui qualquer propósito comercial, mas sim ajudar o público, na atual era de desinformação em que vivemos, a distinguir o que é real do que não é.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Menino de 11 anos encontra fóssil de jacaré gigante de 8 milhões de anos