Diversidade

Marta marca e se torna a maior artilheira em Copas do Mundo na história

por: Redação Hypeness

Marta é craque. Craque faz mistério, vive dramas, mas representa. A camisa 10 da seleção brasileira chegou à França machucada. Era dúvida. Problema resolvido, ela estreou na Copa do Mundo da França diante da Austrália. E adivinha? Marcou.

O placar foi aberto com gol de pênalti ainda no primeiro tempo. Chuteira preta raiz, seriedade e bola na rede. Goleira de um lado, pelota do outro. O feito de Marta é enorme.

– Bandeirão maravilhoso sobre o futebol feminino surge em Santos x Corinthians

– ‘Não estou ocupando nicho’, Ana Thaís Matos fala de futebol e machismo antes de estreia na TV

Dá a bola pra Marta que ela resolve

Com 17 gols, a seis vezes melhor do mundo se tornou a maior artilheira da história das Copas do Mundo. Klose, da Alemanha, ficou com 16.

Marta é diferenciada, amigo. Além de maior artilheira da seleção brasileira com 118 gols, ela se tornou a primeira e única atleta a ir às redes em cinco Copas do Mundo.

– Gigante do esporte brasileiro, Marta é nomeada embaixadora da Boa Vontade pela ONU Mulheres

– Após 3 gols na estreia da Seleção, buscas por Cristiane crescem 7800% no Google

Marta é craque!

Como goleadora não anda sozinha, não deixemos Cristiane de lado. A jogadora do São Paulo estreou com três gols na vitória do Brasil diante da Jamaica. Contra a Austrália, Cris chegou aos 11 gols em Mundiais. Recorde. Marta lidera com 15 tentos.

Resta saber se a presença destas duas lendas e de outras jogadoras como Andressa Alves, Formiga (que é lenda também) e Bárbara podem ajudar o Brasil a garantir o título inédito de campeão do mundo.

 

Publicidade

Fotos: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Negros são maioria pela primeira vez em universidades. IBGE aponta efeito das cotas