Debate

Modelo que acusa Neymar diz que violência começou por falta de camisinha

por: Redação Hypeness

Quase uma semana depois, a autora de denúncias de estupro contra Neymar não só quebrou o silêncio, como revelou sua identidade. Najila Trindade Mendes de Souza disse ao SBT que violência teve início por falta de camisinha.

A jovem confirmou que teve passagens e hospedagem pagas pelo atleta, mas que ao recebê-lo no quarto, Neymar estava agressivo. Durante troca de carícias, Najila perguntou sobre o preservativo, ele respondeu que não tinha trazido. Ela, então, afirmou que não ia acontecer nada além de troca de carinho.

– Mauro Naves é afastado da Globo por envolvimento em ‘caso Neymar’

“Eu disse que não ia acontecer nada além disso e continuamos. Então, ele me virou e praticou o ato”, revela.

Além da falta de camisinha, Najila diz que Neymar estava agressivo

Najila explica que começou a sentir dores e pediu para que Neymar parasse. O atleta, segundo ela, respondeu, “desculpa, linda”.

“Ele estava agressivo, totalmente diferente do cara que conheci nas mensagens. Como eu tinha muita vontade de ficar com ele, pensei em manejar, após beijos e carícias. Como não tinha camisinha, não quis concluir. E foi quando ele me despiu. Daí começou a me bater. Quando machucou, eu falei: ‘Para, está doendo’. Ele disse: ‘Desculpa, linda’. Disse que não ia acontecer nada por falta de preservativo. Ele me virou, cometeu o ato, ele me bateu. Eu falei: ‘Para, não’. Eu falei. Ele não se comunicava. Só agia”, descreveu.

– ‘Vou ter problema na OAB’, diz ex-advogado de mulher que acusa Neymar

– “Profundamente preocupados”, diz Nike sobre acusações de estupro contra Neymar

A mulher ressalta que mandou uma fotografia com hematomas nas nádegas. Trecho divulgado pelo próprio Neymar em que ela diz “vai ter volta”. Ele responde, “vai ter volta nada”.

A modelo afirma que manteve conversas com o jogador depois do suposto estupro para garantir provas e realizar a denúncia. Najila explica ainda que só se deu conta da violência quando Neymar saiu.

“Quando me levantei e fui para o banheiro, não acreditei. Não consegui falar nada. Fiquei em estado de choque. Ele levantou, foi para o banheiro. Quando ele entrou por uma porta, eu saí por outra. Ele foi embora e eu entendi o que tinha acontecido, então eu quis fazer justiça. Quero que ele pague pelo que fez”.

O pai de Neymar esteve em programas de TV no início da semana e acusou o então advogado de defesa da modelo de extorsão. Najila nega. “Não houve tentativa de extorsão como o pai dele diz. Eu tenho uma dívida de R$ 4 mil na escola onde estudo, mas não queria dinheiro. Eu não iria me expor dessa forma para arrancar dinheiro do Neymar. Desculpa, eu não preciso disso”, concluiu.

A íntegra da conversa será exibida pelo SBT na segunda-feira (10).

Tem mais, circula nas redes sociais um vídeo que teria sido gravado por Najila no quarto de hotel em Paris. Nas imagens é possível ver os dois iniciando uma discussão na cama e na sequência, trocas de empurrões e tapas.

“Você me agrediu ontem e me deixou aqui sozinha”, acusa a modelo. Neymar parece tentar contê-la. O conteúdo dura apenas 40 segundos.

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Igreja separa José e Maria em jaulas em crítica contra política de imigração