Debate

Rede de supermercado boicota produtos do Brasil, “precisamos parar Bolsonaro”

por: Redação Hypeness

O consumo elevado de agrotóxicos no Brasil provocou o boicote de produtos brasileiros por uma rede de supermercados na Suécia. Foram removidos das gôndolas quatro tipos de melão, melancia, papaya, limão, manga, água de coco e duas marcas de café, além de uma barra de chocolate com 76% de cacau brasileiro.

– Bicarbonato de sódio pode te salvar de agrotóxicos? Especialistas analisam estudo dos EUA

Johannes Cullberg, presidente do grupo Paradiset, disse que ficou espantado com a quantidade de agrotóxicos presentes em alimentos importados do Brasil. “Precisamos parar Bolsonaro, ele é um maníaco”, ressaltou à RFI.

Jair Bolsonaro autorizou número recorde de agrotóxicos no Brasil

À frente da maior rede de produtos orgânicos da Escandinávia, Johannes não poupou críticas ao governo federal – que em cinco meses bateu todos os recordes de registros de pesticidas.

“Quando li na imprensa a notícia da liberação de tamanha quantidade de agrotóxicos pelo presidente Bolsonaro e a ministra [da Agricultura] Tereza Cristina, fiquei tão enfurecido que enviei um e-mail para toda a minha equipe com a ordem de ‘boicote já ao Brasil’”, destacou.

– Mais de 1 veneno por dia: Governo Bolsonaro libera 166 agrotóxicos em 4 meses

– Atualizando o absurdo: Governo Bolsonaro amplia recorde nefasto e libera 169 agrotóxicos

O presidente do Paradiset seguiu, “não podemos em sã consciência continuar a oferecer alimentos do Brasil a nossos consumidores, num momento em que tanto a quantidade como o ritmo da aprovação de novos agrotóxicos aumenta drasticamente no país. Não podemos aceitar este tipo de atitude insana em relação ao nosso planeta”.

Substâncias vetadas na Europa são campeãs de vendas por aqui

Alexander Elling, assessor de comunicação da rede Escandinávia, também se manifestou, “não temos carne brasileira em nossas lojas e certamente não iremos comprar”, ressaltou.

Recentemente, o governo Jair Bolsonaro aprovou o registro de mais 31 agrotóxicos. Com isso, o mercado brasileiro recebeu, apenas em 2019, 169 pesticidas. O Hypeness mostrou que a liberação de agrotóxicos cresceu 42% nos primeiros quatro meses da gestão de Jair Bolsonaro (PSL). Levantamento do Greenpeace aponta que o país está diante do maior limite volume de liberação de pesticidas da história. A alta é de 922% em relação ao mesmo período de 2010.

Agrotóxicos proibidos em solo europeu são campeões de vendas no Brasil. Paraquate, atrazina e acefato, são as três substâncias mais comercializadas por aqui. Apenas em 2017, 60 milhões toneladas foram utilizadas em plantações brasileiras.

Publicidade

Fotos: EBC


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Empresário internado com coronavírus faz apelo: ‘Não voltem a trabalhar. Ela é silenciosa’