Futuro

Robert Downey Jr. aposta em robôs e cria projeto de despoluição do planeta

10 • 06 • 2019 às 10:30 Vitor Paiva
Vitor Paiva   Redator Vitor Paiva é jornalista, escritor, pesquisador e músico. Nascido no Rio de Janeiro, é Doutor em Literatura, Cultura e Contemporaneidade pela PUC-Rio. Trabalhou em diversas publicações desde o início dos anos 2000, escrevendo especialmente sobre música, literatura, contracultura e história da arte.

Se misturar a ficção com a vida real não é recomendado às atrizes e atores que dão vida aos personagens no cinema, tal máxima foi contrariada no caso do Homem de Ferro – ou melhor, de Robert Downey Jr.. Ator por trás do personagem Tony Stark na série de filmes da Marvel, assim como o Homem de Ferro da ficção ele decidiu utilizar a tecnologia para tentar salvar o mundo. Foi para revelar esse plano que Robert Downey Jr. subiu ao palco da conferência de inteligência artificial Re:MARS, realizada pela Amazon, no último dia 04.

O ator durante sua apresentação no evento da Amazon

O projeto do ator foi batizado de “Footprint Coalition” (“Coalizão Pegada”, em tradução livre), e visa utilizar tecnologia de ponta para despoluir uma imensa parte da Terra ou mesmo todo o planeta até 2030. “Entre robótica e nanotecnologia nós podemos, provavelmente, limpar o planeta de maneira significativa, se não inteiramente, em uma década”, disse Downey Jr.. “Vou passar os próximos meses arrumando isso da maneira correta, e colocando pessoas inteligentes ao meu redor.”

O projeto tem lançamento previsto para abril de 2020, mas um site já se encontra disponível – onde é possível se inscrever para receber uma newsletter para saber melhor sobre os “próximos passos nesta jornada ambiental”. Robert Downey Jr. não deu maiores detalhes, em seu discurso, sobre como a organização irá atuar, mas afirmou que conseguir fazer uma pequena diferença que seja seria o maior feito de sua vida.

Publicidade

Canais Especiais Hypeness