Inovação

Texas legaliza plantio de maconha e produção de CBD

por: Redação Hypeness

Publicidade Anuncie

O Texas é mais um estado norte-americano a autorizar a produção de CBD e o plantio de maconha. A lei, sancionada pelo governador Greg Abbott e com apoio bipartidário, tem efeito imediato.

Com isso, o estado do meio-oeste recebe sinal verde para integrar sistema que prevê suporte, mas também inspeções e testes de qualidade da erva. O Texas, no entanto, mantém o consumo de maconha ilegal e permite apenas a comercialização de produtos com níveis inferiores a 0.3% de THC – psicoativo encontrado na cannabis.

– Mulheres estão usando absorvente interno de maconha para melhorar cólicas

O consumo de maconha continua proibido

Na prática, óleos, tinturas e outros produtos derivados do CBD tornam-se legais por lá – desde que contenham menos de 0.3% THC.

– Sorveteria cria um delicioso sorvete com CBD, a substância medicinal da maconha

-“É um direito à vida”: mães mostram urgência da legalização da maconha

“Estou feliz com este passo, que dá aos produtores do Texas a oportunidade de plantar maconha. O Texas será líder na produção de maconha”, disse em nota o secretário de agricultura Sid Miller.

Hemp e marijuana

Embora o avanço tenha sido celebrado por produtores e empresários, o cenário é um pouco confuso. Diferentes espécies de cannabis, marijuana (maconha) e cânhamo (hemp) possuem interpretações iguais diante dos olhos da Justiça norte-americana.

Os produtos com CBD, como remédios, podem ser encontrados em qualquer esquina dos EUA, no entanto ainda são considerados violação da lei em 50 estados. O THC é a substância psicoativa da maconha e o CDB não dispõe de tal efeito. O cânhamo industrial, permitido no Texas, possui menos de 0.3% de THC, por outro lado oferece níveis consideráveis de CBD.

Diferenças insuficientes para que ambas as espécies deixassem de figurar ao lado de cocaína e heroína na lista de drogas de cronograma 1 (perigosas) em medida instaurada na década de 1970. Algo que permanece até os dias de hoje.

Trocando em miúdos, produtos com THC devem ser cultivados, processados e vendidos apenas por empresas licenciadas pelas autoridades estaduais. O CBD pode ser vendido, talvez, com mais liberdade.

“A legislação do Texas acertou em uma coisa nessa história de legalização do cânhamo. Finalmente nossos fazendeiros não perderam dinheiro e mais, podem consumir CBD sem medo de serem presos”, disse em Heather Fazio, responsável pelo controle da maconha no estado.  

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Whindersson Nunes lança app gratuito para ajudar pessoas que sofrem de depressão