Debate

32 tartarugas marinhas são achadas mortas em praias de Pernambuco

por: Redação Hypeness

ONG Onda Limpa para Gerações Futuras contabilizou 32 tartarugas marinhas verdes mortas em apenas 40 dias. Os números foram registrados no Cabo de Santo Agostinho, na Grande Recife, entre os dias 2 de junho e 11 de julho deste ano.

Em entrevista ao G1, o biólogo Felipe Brayner, responsável pelo monitoramento dos animais, explica que os números podem ser muito mais altos, visto que não há controle de todas tartarugas que vivem na região. As mortes foram registradas no trecho que vai da Praia de Itapuama até a Praia de Gaibu.

Felipe atua sozinho como voluntário e classifica como impossível controlar a espécie em todo o município. Entretanto, ele indica que os números atuais são atípicos.

Estima-se que 88% das mortes tenham sido causadas devido à asfixia por ingestão de plásticos, que são comumente confundidos com águas-vivas, alimento preferido das tartarugas. A pesca predatória também foi apontada como responsável por diversas mortes no período.

Publicidade

Fotos: Felipe Brayner/Divulgação


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Decisão do STF: como ela impacta prisão do DJ Rennan da Penha, negros e periféricos