Debate

Após morte de blogueira, Whindersson Nunes pede: Não julgue a depressão alheia

por: Redação Hypeness

Whindersson Nunes não deixou a morte trágica de Alinne Araújo passar ao largo. O influencer aproveitou o episódio para alertar sobre depressão e suicídio. 

Nunes citou ainda comentários negativos sobre Araújo. A jovem de 24 anos sofria de depressão e foi bastante criticada por decidir se casar sozinha depois da desistência do noivo. 

Whindersson está envolvido na criação de app contra a depressão

“Julgaram a moça, e agora estão julgando quem julgou. Pelo visto nem a morte ensina. Eu espero profundamente que essa moça encontre a paz em outro plano, e que você aprenda algo nesse. Deus abençoe nesses tempos difíceis”, escreveu Whindersson. 

Depressão tem cura 

Considerada o ‘mal do século’ pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é uma doença psiquiátrica que afeta o emocional. Os sintomas são variados, passando por tristeza profunda, falta de apetite e ânimo, baixa auto-estima, entre outros. 

Ainda de acordo com a OMS, a depressão atinge 11,5 milhões de brasileiros, além de ser a principal causa de morte entre jovens de 15 e 29 anos. 

O mais importante é que o assunto não seja tabu e tampouco ignorado. O Centro de Valorização da Vida (CVV) oferece apoio emocional e de prevenção ao suicídio. A ligação é gratuita e totalmente sigilosa. O serviço está disponível pelo 188 ou no site www.cvv.org.br.

A atividade física associada com medicamento (prescrito por um especialista) pode ser outro aliado importante para a reversão do quadro depressivo. 

O app do Whindersson

Famoso por vídeos engraçados e bem humorados, Whindersson Nunes surpreendeu ao revelar que sofria de depressão. O jovem usou sua plataforma com milhões de seguidores para falar abertamente sobre o tema e ajudar os que também lidam com a doença. 

– Whindersson Nunes lança app gratuito para ajudar pessoas que sofrem de depressão

Após o desabafo, ele conta, procurou acompanhamento psicológico e psiquiátrico, começou a fazer terapia e yoga e agora está trabalhando no desenvolvimento de um aplicativo para auxiliar outras pessoas. 

“A intenção do aplicativo é conectar gente que precisa de ajuda com gente que pode ajudar. Só que essas pessoas que querem ajudar são profissionais, voluntários”, contou ao ‘Fantástico’.

Publicidade

Foto: Reprodução/Instagram


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
O ‘hambúrguer de laboratório’ tem inúmeros problemas e precisamos falar sobre isso