Inovação

Cinemark passa a vender a pipoca do cinema em lojas e supermercados

por: Vitor Paiva

Para quem gosta de perigosas aventuras gastronômicas, lambuzadas de sabor (e manteiga) e não liga para o dia de amanhã, poucas iguarias podem ser tão deliciosas quanto as pipocas vendidas nos cinemas Cinemark. O que antes parecia um milagre circunscrito às lanchonetes da rede de cinemas, impossível de ser efetivamente reproduzido em outro local, essas pipocas agora podem ser encontradas em diversos supermercados e nas redes Sam’s Club e nas lojas de conveniência AM/PM – e, prometem, o sabor em casa será idêntico.

A pipoca da Cinemark está à venda tanto pronta quanto para micro-ondas, e o lançamento está sendo visto como um gesto pioneiro da rede. “A inovação está no nosso DNA. Seguindo esse DNA inovador somos a primeira rede a oferecer a experiência de saborear uma pipoca Cinemark fora do cinema.”, afirmou Bruno Oliveira, diretor de Alimentos e Bebidas da Cinemark. Segundo o diretor, a ideia é ampliar o contato dos ‘fãs’ com a pipoca, levando-a para casa dos clientes.

A versão para micro-ondas é vendida nos sabores “natural” e “manteiga”. Já as prontas podem ser levadas para casa nos sabores Lemon Pepper, Chocolate e Caramelo. A primeira iniciativa de vender a pipoca da Cinemark fora dos cinemas começou discretamente em 2017, mas agora será distribuída para todo o Brasil. “A Cinemark quer se aproximar cada vez mais do público, e oferecer produtos com a nossa qualidade, mas que possam ser consumidos também em outros locais. É mais um passo para surpreender e encantar os clientes”, afirmou Bruno.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Drake entra no mercado de maconha e adquire 60% de marca que produzirá cannabis