Diversidade

Conheça a ‘Lesboteca’, a biblioteca livre das lésbicas

por: Gabriela Glette

Se a visibilidade feminina continua sendo muito inferior à masculina na sociedade patriarcal em que vivemos, o que falar das lésbicas? A sexualidade da mulher ainda é considerada tabu e prova disso é a dificuldade em se encontrar literatura lésbica de qualidade. Por isso, a bibliotecária Débora Mestre criou o site site “Lesboteca”.

literatura lésbica 1

Em menos de 6 meses de criação, o site já reúne mais de 120 obras, entre elas contos, romances, biografias e até mesmo histórias em quadrinhos. Inclusive, quem quiser indicar obras, mesmo que não seja de sua autoria, pode entrar em contato com o site.

literatura lésbica 2

Hoje muito se discute sobre feminismo e direito das mulheres, mas ainda falta muito para alcançarmos a representatividade total. Por isso, diversas autoras fazem releituras de histórias clássicas, como “Romeu e Julieta”, que acabou sendo transformado em “Julieta e Julieta”. Iniciativa incrível, que tem tudo para continuar crescendo!

literatura lésbica 3

literatura lésbica 4

Publicidade

Fotos 1 e 2: divulgação

Fotos 3 e 4: Unsplash


Gabriela Glette
Uma jornalista que ama poesia e mora na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada por viagens e inquieta por natureza, ela encontrou no nomadismo digital o segredo de sua felicidade, e transforma a saudade que sente da família e amigos em combustível para escrever suas histórias.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Atriz diz que tinha medo de se assumir por pais serem gays