Ciência

Donos de cachorros dão mais beijos em pets que em seus parceiros

por: Vitor Paiva

Muitas vezes donos de pets gostam de afirmar que preferem seus cães e gatos a outros seres humanos – que sentem afeto mais intenso pelos animais do que por outras pessoas. Uma pesquisa realizada por uma empresa de produtos orgânicos para animais e publicada pela revista norte-americana People sugere que tal afirmação vai além de mera hipérbole ilustrativa – e que a fim de medir quão próximos são os “pais” de pets de seus animais.

A pesquisa descobriu que de fato os tutores dos animais muitas vezes oferecem mais gestos de afeto aos animais do que às pessoas – incluindo seus parceiros amorosos. De acordo com a pesquisa realizada pela Riley’s Organics, 52% dos participantes admitiram beijar mais seus cães do que seus parceiros ou parceiras.

A mesma porcentagem de pessoas afirmou que prefere dormir com os pets do que com seus amados ou amadas.

O número pode parecer exagerado ou absurdo, mas é comprovado diante de um terceiro ponto levantado pela pesquisa: para 94% dos entrevistados, os cães e gatos são efetivamente seus melhores amigos – os seres vivos mais amados por essas pessoas. Se a sabedoria popular já sugeria que os cães e gatos são nossos melhores amigos, a pesquisa sugere que tal máxima é, na verdade, um dado literal, medido em beijos e abraços.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
50º aniversário do homem na lua tem eclipse parcial que pode ser visto no Brasil