Debate

Economia e saúde mental: empresário se suicida na frente do governador de Sergipe

Redação Hypeness - 04/07/2019

Sadi Gitz, empresário do setor de cerâmica, cometeu suicídio na frente do governador do Sergipe. O homem tirou a própria vida durante abertura de seminário sobre o mercado de gás, em Aracaju, que além de Belivaldo Chagas, contou com a presença do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. 

Presente no evento, um jornalista do Portal SE Notícias relatou que o homem se levantou, interrompeu a fala do governador e disse, “governador, você é um mentiroso”, atirando contra a própria cabeça em seguida. .  A fábrica de cerâmica controlada por Gitz teria entrado em falência em função da alta do gás. 

– A taxa global de suicídio diminuiu 29% desde 2000 e isso é resultado de muito trabalho e muita conversa

– Evangélicos acampam em ponte em Natal e evitam ao menos 16 suicídios

“O Governo do Estado de Sergipe lamenta o ocorrido com o empresário Sadi Gitz, da cerâmica Escurial, que cometeu suicídio durante o evento. Por conta do ocorrido, o Simpósio de Oportunidades para o novo cenário do gás natural em Sergipe está cancelado”, disse a administração estadual em nota publicada no Twitter. 

Saúde mental 

Suicídio é uma realidade preocupante no Brasil. O país registrou crescimento ininterrupto de casos, puxado, sobretudo pelos mais jovens. Aumento de 30% em 28 anos. 

– Suicídio entre adolescentes negros cresce e é 45% superior que entre brancos

O recorte racial é importante, pois o índice entre negros é 45% maior do que entre os brancos. Os dados são do Ministério da Saúde. Se por um lado o risco permaneceu estável entre caucasianos, a comunidade afro-brasileira enfrenta alta de 12%, principalmente indivíduos de 10 a 29 anos, do sexo masculino. 

Enquanto o resto do mundo registra queda de 17%, grandes cidades brasileiras convivem com o aumento do suicídio. A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) aponta em estudo publicado na Revista Brasileira de Psiquiatria, que o suicídio subiu 24% nas seis maiores cidades do país: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife. 

Existem serviços disponíveis para ajudar quem precisa. Um deles é o Centro de Valorização da Vida (CVV), que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio. Se você precisa ou conhece alguém necessitado, chame 188. O atendimento é 24 horas, todos os dias e sob total sigilo. 

 

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Warning: file_put_contents(/var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/cache/twitter-stream-hypeness.txt): failed to open stream: Permission denied in /var/www/html/wordpress/wp-content/themes/hypeness-new/functions/social.php on line 410


X
Próxima notícia Hypeness:
Tubarão morde panturrilha de homem depois de ser pescado