Ciência

Empresa cria embalagens biodegradáveis feitas a partir de cascas de mariscos descartadas

por: Mari Dutra

A empresa escocesa Cuantec está desenvolvendo uma embalagem biodegradável feita a partir de cascas de mariscos. O objetivo é criar um substituto natural para o plástico.

O material final deve ser totalmente compostável e capaz de se biodegradar em 90 dias. Feito a partir de cascas que sobram após o processamento de frutos do mar, como lagostas, o produto utiliza uma matéria prima natural conhecida como quitina.

Através de um processo de fermentação semelhante ao que ocorre na fabricação de cerveja, a quitina é transformada em um produto mais solúvel, chamado de quitosana. É ela quem dá vida às embalagens transparentes que podem substituir o plástico de forma natural e que, segundo a empresa, aumentariam a durabilidade de alimentos embalados.

De acordo com o site Fish Farming Expert, a vida útil de um salmão embalado no produto desenvolvido pela Cuantec poderia aumentar 40%. O material deve estar pronto para ser comercializado até o final de 2020.

Além de diminuir o impacto dos plásticos no meio ambiente, a tecnologia traz outra vantagem: o aproveitamento dos resíduos gerados pela indústria de frutos do mar. Entretanto, isso resulta em um material que, apesar de ser natural, não é vegano.

Publicidade

Fotos: Reprodução Cuantec


Mari Dutra
Especialista em conteúdos digitais, Mariana vive na Espanha, de onde destila textos sobre turismo, sustentabilidade e outros mistérios da vida. Além de contribuir para o Hypeness desde 2014, também compartilha roteiros e reflexões mundo afora no blog e no Instagram do Quase Nômade.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Estagiário de 17 anos da Nasa descobre novo planeta e faz história