Debate

Empresário morre durante vaquejada na Paraíba

Redação Hypeness - 29/07/2019 às 12:57 | Atualizada em 29/07/2019 às 13:01

Um homem morreu no domingo (28) durante vaquejada no município de Catingueira, na Paraíba. Segundo noticia o G1, o empresário do ramo de veículos Felizardo Félix Neto não resistiu aos ferimentos provocados pela queda do cavalo, que se chocou com um boi. 

– Defensor da vaquejada, deputado é pisoteado por cavalo e quebra nariz

– Lucros bilionários não livram rodeios de questionamentos de defensores dos animais; entenda

A vaquejada chegou a ser declarada inconstitucional pelo STF

O cavalo caiu em cima da vítima, que chegou e ser encaminhada ao Complexo Hospitalar de Patos, no sertão paraibano. Felizardo teve uma parada cardíaca e chegou ao centro médico sem vida. 

A morte é mais um capítulo no assunto. No início de julho, o Congresso aprovou, por 402 votos a 34, texto-base de projeto com novas diretrizes para a prática da vaquejada. O projeto prevê, sobretudo, cuidados ao bem-estar do animal, como fornecimento de água e local para descanso.

– Maus-tratos a animais podem dar até 4 anos de prisão e multa milionária

A medida estabelece novas normas para os rodeios, mas reconhece a prática como “bem da natureza imaterial integrantes do patrimônio cultural brasileiro”. 

O assunto é polêmico e em 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) chegou a declarar a vaquejada inconstitucional. O Congresso conseguiu rever com Emenda à Constituição. Nos rodeios, o animal é solto e os homens montados em cavalos precisam derrubá-lo pelo rabo. 

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Canais Especiais Hypeness