Empreendedorismo

Jay-Z vai investir na maconha. E quer empregar quem foi preso na guerra às drogas

por: Redação Hypeness

Jay-Z é o mais novo membro do crescente mercado de maconha. O rapper agora é diretor criativo da Caliva, companhia fundada em 2015, em San José, na Califórnia. 

Além de responsável pela estratégia de divulgação da marca, Jay-Z traça estratégias sociais concentradas na recolocação de pessoas que acabaram de deixar a prisão, oferecendo capacitação profissional e desenvolvimento da força de trabalho. 

– ‘Olhos que Condenam’ nos sufoca ao mostrar como a Justiça desumaniza jovens negros

– Jay Z torna-se oficialmente o primeiro bilionário do hip hop

“Queremos criar um processo divertido, inclusivo e que atraia pessoas boas pelo caminho”, se manifestou o rapper em nota.   

Jay-Z usa a influência contra o racismo do sistema judiciário dos EUA

No início do ano, Jay-Z lançou um grupo de justiça criminal, o ‘Reform Alliance’, que pretende auxiliar 1 milhão de norte-americanos que saíram do sistema prisional ou vivem em liberdade condicional pelos próximos cinco anos. 

“Qualquer coisa que eu faça, quero fazer corretamente e no mais alto nível”, completou. 

Adepto da chamada guerra às drogas, os Estados Unidos possuem mais de 6 milhões de pessoas atrás das grades. Entre 1980 e 2005, a quantidade de detidos aumentou vertiginosamente, sobretudo entre os negros, que são presos cinco vezes mais que os brancos. 

– [NSFW] Jay Z e Beyoncé tiram a roupa para photobook de sua turnê mundial

A NAACP (Associação Nacional para o Progresso de Pessoas de Cor, em português) aponta que em 2014 2.3 milhões, ou 34% dos 6.8 milhões da população carcerária, eram negros. 

Jay-Z é mais um bilionário a entrar no mundo dos negócios da maconha nos Estados Unidos. Sua participação é vista como trunfo importante para os 11 estados onde o consumo recreativo é legalizado. 

A Caliva atua como uma instalação de cultivo e loja de varejo na Califórnia. A empresa comercializa maconha recreativa, cigarros e vaporizadores. Adepta do sistema de capital fechado, a companhia conseguiu mais de US$ 75 milhões em rodada de investimentos. 

– Jay-Z oferece apoio e o próprio advogado para casal que sofreu abuso policial

– Banda KISS vai abrir loja de maconha na Califórnia com semente personalizada

Negro bilionário 

Recentemente, Jay-Z, de 49 anos, foi eleito o primeiro rapper bilionário, segundo a revista Forbes.  O novaiorquino de Bedford-Stuy atua em diferentes setores, como no serviço de streaming musical Tidal, no ramo de bebidas alcoólicas, arte, imóveis e participações em empresas do tamanho da Uber, onde detém 70 milhões de dólares em ações. Jay-Z é o artista mais rico do hip hop desde 2018. 

Publicidade

Foto: Reprodução


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Após KFC e Burger King, Subway também entra na onda da ‘carne’ que não é carne