Debate

No Bom Retiro, chinesas são escravizadas e obrigadas a se prostituir

por: Redação Hypeness

Depois de 15 dias de investigações, a polícia fechou um karaokê que servia de casa de prostituição no Bom Retiro, centro de São Paulo. As mulheres exploradas são da china e não falam português. A operação aconteceu na manhã de quarta-feira (3).

– Homem mais rico da China quer que empregados trabalhem 72 horas por semana

Um homem, apontado como gerente do local, foi detido. Eram 12 mulheres, mantidas em cárcere privado e que, segundo diz a polícia, vieram ao Brasil enganadas. Elas tiveram os passaportes confiscados e eram obrigadas a se prostituir. 

Além de condições precárias, elas tiveram os passaportes confiscados

A suspeita de irregularidade no suposto karaokê do Bom Retiro começou há quase um mês, depois de uma das chinesas utilizar o celular de um cliente para falar com a família na China. Os parentes procuraram autoridades locais, que informaram os oficiais brasileiros. 

– Drogas, prostituição, violência: Os retratos de um bairro nos EUA esquecido pelo sonho americano

– Esta empresária fez da geração de emprego para pessoas trans sua missão de vida

“Quando não se prostituíram, elas eram obrigadas a acompanhar e divertir os clientes no karaokê para que gastassem dinheiro. Sair do local era proibido, exceto quando acompanhadas por um dos funcionários”, disse o delegado. 

De acordo com a polícia, as chinesas foram distribuídas em sete quartos, todos com condições precárias de higiene. Os donos do local só recebiam clientes chineses e com indicação. Eles estão presos e passarão por audiência de custódia na quinta-feira (4). Cabe a juíza decidir se o caso será encaminhado para a Polícia Federal. 

Publicidade

Foto: Reprodução/TV Globo


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Governo tem que tirar garimpeiros de terras yanomami em 15 dias para começar a enfrentar covid-19 em áreas indígenas