Diversidade

Pesquisa mostra que mulheres solteiras e sem filhos são mais felizes

por: Vitor Paiva

Se as sabedorias tradicionais, os poemas e até mesmo as canções populares sugerem que é impossível ser feliz sozinho – e que um casamento, família e filhos são o caminho mais eficaz para a verdadeira felicidade –, a ciência diz o contrário. Segundo pesquisa realizada por cientista da London School of Economics, uma mulher solteira e sem filhos seria a parcela da população feminina mais feliz.

Para Paul Dolan, professor de ciências comportamentais da escola, as mulheres solteiras e sem filhos não só são mais felizes, como tendem a viver mais. A pesquisa contrária diversas máximas que, segundo ele, se sustentam sobre clássicas mentiras.

O professor Paul Dolan

“Os casados são mais felizes que outros subgrupos da população, mas somente quando respondem à pergunta na presença de seus parceiros”, afirmou Dolan, confirmando que, quando o parceiro não está presente, a realidade se inverte, e os casados tendem a ser muito mais infelizes.

Segundo a pesquisa, apesar de tais resultados, ainda assim as mulheres solteiras tendem a se sentirem especialmente infelizes, como que pressionadas por necessidades profundas. Essa pressão, afirma Dolan, vem justamente de tais antigos imaginários – como se elas fossem obrigadas, por essas noções de que casamento e família seriam sinônimos de felicidade, a se sentirem infelizes. A ciência sugere, porém, o contrário: o casamento, para uma mulher, pode muito mais ser o caminho para uma vida pior – e, pasmem, mais curta.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Maternidade compartilhada: Casal de mulheres é primeiro a engravidar junto