Arte

Projeto usa realidade virtual para te conectar com a ‘Mona Lisa’, de Leonardo Da Vinci

por: Vitor Paiva

A experiência de ir hoje em dia ao Museu do Louvre, em Paris, e observar a Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, é tão distante e peculiar, diante da multidão de smartphones e máquinas fotográficas que, à distância e separado por barreiras e vidros, que é quase como se fosse virtual. Há quem diga que aquele sequer seria de fato o quadro original – mas sim uma cópia precisa, com a pintura de Da Vinci guardada seguramente em um cofre impenetrável. Provavelmente tal história não passa de lenda mas, seja como for, observar de perto e em detalhes a Mona Lisa é hoje impossível. A solução encontrada pelo Louvre para oferecer uma experiência mais rica e próxima do mais célebre quadro do mundo é a Realidade Virtual.

A multidão diante da Mona Lisa, no Museu do Louvre, em Paris

Entre outubro de 2019 e fevereiro de 2020 o museu oferecerá aos visitantes a possibilidade de interagir virtualmente com o quadro, através do projeto “Mona Lisa: Além do Vidro”. Com óculos de RV os visitantes poderão observar a pintura bem de perto, quase como se pudesse tocar nas pinceladas do mestre renascentista, pintadas entre os anos de 1503 até 1517. A experiência imersiva, criada em parceria com a HTC Vive Arts, se dará em tributo aos 500 anos da obra e da morte de Leonardo, em 1520.

Além de poder observar de perto a técnica e o impressionante resultado da obra – e se aproximar do enigmático sorriso da “Gioconda” -, a Realidade Virtual oferecerá uma série de informações complementares em multimídia. E quem não puder ir até Paris não precisa lamentar: a Vive Arts irá oferecer uma versão estendida disponível para download, através da Viveport, plataforma online do projeto.

Visitada por mais de 20 mil pessoas por dia e protegida por uma caixa em vidro, inviolável, à prova de balas e climatizada, a Mona Lisa é a obra com maior seguro já estabelecido: 100 milhões de dólares em 1962, equivalente hoje a 837 milhões de dólares.

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
‘Vivemos em uma época em que há muita polarização’, lamenta Mick Jagger durante lançamento de filme