Ciência

Tudo sobre a próxima viagem do homem à Lua organizada pela NASA

por: Redação Hypeness

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump quer que a Nasa seja enviada em uma nova viagem à Lua em 2024. O plano faz parte de um ambicioso projeto de exploração espacial.

A Nasa já havia anunciado a ambição de realizar um novo pouso na Lua até 2028. Porém, Trump pediu que a agência espacial encurte o prazo e decole até 2024. A motivação para a pressa teriam sido os projetos espaciais anunciados pela China, o que lembra a corrida espacial travada com a Rússia durante a Guerra Fria.

A missão espacial seria a primeira a voltar à superfície da Lua desde 1972, mas ainda há muito o que ser feito para que a viagem saia conforme esperado. Afinal, desta vez espera-se mais do que uma simples pisada em solo lunar. O objetivo é chegar “com aterrissadores, robôs, rovers e humanos”, conforme declarou Jim Bridenstine, administrador da Nasa, no início deste ano.

Missão Artemis

A missão já tem nome: Artemis, deusa grega que seria a irmã gêmea do deus Apollo (nome dado às primeiras missões na Lua).

O nome não é o único atributo feminino da missão, que deverá ser a primeira com uma mulher a bordo. Como lembra a revista Galileu, até hoje 12 pessoas pisaram na Lua. Todos eram homens e brancos, mas isso está prestes a mudar. Sean Potter, porta-voz da Nasa, anunciou em um comunicado que o programa Artemis deverá transportar a primeira astronauta mulher a pisar na Lua.

Apesar das ambições, há ainda muito a ser feito pela agência espacial para que o projeto saia do papel nos próximos cinco anos . Conforme o The Verge, serão necessários de 20 a 30 bilhões de dólares extras, além do orçamento anual regular da Nasa, para que o programa decole. Para o próximo ano, a Casa Branca já solicitou um aumento de 1,6 bilhões de dólares nas despesas do órgão.

Orion: a nave responsável pela missão

Sua tripulação deverá viajar a bordo da nave Orion, um exemplar de última tecnologia com um peso de 10 toneladas. Segundo matéria do Uol, os engenheiros que fabricaram o veículo fazem o trabalho utilizando óculos de realidade aumentada, com modelos e instruções sobrepostos ao mundo real. Assim, a tecnologia auxilia a obter os melhores resultados até mesmo em tarefas que poderiam parecer simples, como a marcação do local onde será incluído um ajustador de cabos.

Com 4 computadores de voo, a Orion é capaz de fazer praticamente tudo sem intervenção humana. Isso garante que a nave consiga voltar sozinha à Terra, caso seja necessário.

Conquista do espaço

A Lua deverá servir como uma parada durante um plano de exploração de outros planetas, dos quais Marte deverá ser o primeiro. Para isso, a Nasa planeja construir uma estação espacial na órbita lunar – que não estará pronta a tempo da missão de 2024.

Apelidada de Gateway, essa estação serviria como um ponto de parada antes de que os astronautas descessem na Lua ou seguissem para Marte. O posto funcionaria ainda como um abrigo seguro caso algo desse errado durante uma missão, além de ser um local onde os astronautas poderiam permanecer enquanto controlam veículos remotos na superfície lunar.

Publicidade

Créditos sob as imagens


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Se imaginássemos animais de hoje com base em ossos como fizemos com dinossauros