Viagem

Unesco anuncia 29 novos patrimônios da humanidade. E 2 deles são brasileiros!

por: Vitor Paiva

Para sublinhar a importância, a beleza, a singularidade de um local ou região, a Organização das Nações Unidas para Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) anualmente reconhece alguns desses “sítios” espalhados pelo mundo como Patrimônios da Humanidade. O título não só reconhece tal importância de um lugar, monumento, construção, como traz, através do reconhecimento oficial, maior conservação, segurança, preservação ou conservação. E a UNESCO acaba de anunciar 29 novos Patrimônios mundiais – incluindo dois locais no Brasil.

Jaipur, na Índia

Apontando para os quatro cantos do planeta, a lista é tão variada quanto possível. A cidade de Jaipur, na Índia, se junta ao Parque Nacional Vatnajökull, na Islândia, por exemplo. Da mesma forma, entraram na categoria o Santuário de Bom Jesus do Monte, em Portugal, a antiga cidade de Bagan, em Mianmar, o Palácio de Shaki Khans, e vários outros – a lista completa segue abaixo.

Santuário de Bom Jesus do Monte, em Portugal

Parque Nacional Vatnajökull, na Islândia

Bagan, em Mianmar

Palácio de Shaki Khans, no Azerbaijão

O Brasil ganhou como Patrimônio da Humanidade a cidade de Paraty e a Ilha Grande, no Rio de Janeiro.

Ilha Grande

Os dois locais entraram na categoria de Cultura e Biodiversidade, e se juntam a outros 22 pontos já reconhecidos pela UNESCO no território nacional – como a cidade histórica de Ouro Preto, o centro histórico de Salvador e Olinda, o Parque Nacional do Iguaçu, o plano piloto de Brasília, algumas reservas e parques nacionais, a Paisagem Cultural do Rio de Janeiro e o Cais do Valongo e da Imperatriz, entre outros.

Paraty

 

Lista completa dos novos Patrimônios da Humanidade pela UNESCO:

Florestas de Hyrcanian – Irã
Santuário de aves migratórias ao longo da costa do mar Amarelo – China
Terras e mares austrais franceses – França
Parque Nacional Vatnajökul – Islândia
Extensão do Patrimônio Natural e Cultural da Humanidade da região de Ohrid – Albânia
Paraty e Ilha Grande – Brasil
Antigo sítio de siderurgia de Burkina Faso – Burkina Faso
Dilmun Burial Mounds – Bahrein
Babilônia – Iraque
Budj Bim – Austrália
Ruínas arqueológicas de Liangzhu – China
Cidade de Jaipur – índia
Mina de carvão de Ombilin – Indonésia
Mausoléu  Mozu-Furuichi Kofun Group – Japão
Jarros de pedra de Xiangkhoang – Laos
Bagan – Myanmar
Escolas coreanas neoconfucionistas  – Coreia do Sul
Parque Writing-on Stone – Canadá
Região mineira de Erzgebrige/Krusnohori – República Tcheca e Alemanha
Terras para criação e treinamento de cavalos para carruagens de Kladbury nad Labem – República Tcheca
Sistema de águas da cidade de Augsburg – Alemanha
Região mineira de Krzemionski – Polônia
Palácio Real de Mafra – Portugal
Santuário de Bom Jesus do Monte – Portugal
Igrejas da Escola de Arquitetura Pskov – Rússia
Risco Caído e as Montanhas Sagradas de Gran Canaria – Espanha
Observatório Jodrell Bank – Reino Unido
Centro Históruico de Shaki e Palácio de Kahn – Azerbaijão
Colina de Prosecco de Conegliano e Valdobbiadene – Itália
A arquitetura do século 20 de Frank Lloyd Wright – Estados Unidos

Publicidade

© fotos: divulgação


Vitor Paiva
Escritor, jornalista e músico, doutorando em literatura pela PUC-Rio, publica artigos, ensaios e reportagens. É autor dos livros Tudo Que Não é Cavalo, Boca Aberta, Só o Sol Sabe Sair de Cena e Dólar e outros amores.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Cataratas do Iguaçu é destino mais amado do Brasil, segundo pesquisa