Diversidade

A surfista brasileira Nicole Paceli disputou Pan grávida e ganhou bronze

por: Redação Hypeness

Nicole Pacelli revelou ao Blog Extraordinárias que competiu no Pan-Americano de Lima, no Peru, grávida. A atleta ressaltou que foi uma decisão difícil de ser tomada, mas que confiou nas orientações dos médicos para se manter confiante e realizar o sonho. 

Deu mais que certo e Nicole conquistou uma medalha de bronze surfando no stand up paddle. A competidora descobriu a gestação não planejada há algumas semanas antes do início da competição no Peru. 

– Apresentadora da Globo é demitida por não perder peso após gravidez

Nicole Pacelli, bronze no Pan-Americano de Lima, no Peru

A médica de família, Pacelli conta, passou a segurança necessária para ela se concentrar no desempenho dentro do Pan-Americano. 

“Acho que o que aconteceu comigo foi bom para mostrar que quando a gente fica grávida pode continuar com os objetivos e seguir correndo atrás dos sonhos. Se eu não tivesse tentado, não teria conquistado minha medalha e talvez não tivesse certeza de que posso voltar superbem. Tudo isso foi bom e me deu confiança”, disse com exclusividade ao blog do UOL. 

O caso de Nicole Pacelli faz lembrar imediatamente a história de Serena Williams. A multicampeã venceu o ‘Aberto da Austrália’, em janeiro de 2017, em partida contra a irmã, Venus. 

Em um documentário exibido pelo HBO, a norte-americana revelou que já estava grávida de oito semanas ao levantar pela 23ª vez um troféu de Grand Slam. Recorde absoluto. 

Ao Nexo, a médica Tathiana Parmigiano, responsável pelo atendimento de atletas da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), explica que o exercício, com parcimônia, pode fazer parte da rotina de atletas grávidas. 

“Esporte e exercício físico na gravidez estão muito bem estabelecidos. Todas devem ser incentivadas e isso vai muito além da hidroginástica. O que muda, na verdade, é qual tipo de atividade, o tempo de duração e a intensidade. A Serena Williams, por exemplo, tem um condicionamento físico diferente da maioria das mulheres. Mas nem por isso a condição dela autoriza que ela participe de competições sem correr riscos”, salienta.

A decisão, no entanto, deve ser tomada em conjunto com um profissional de saúde. É preciso ainda levar em consideração que Nicole e Serena são duas atletas de alto rendimento. Ou seja, com uma estrutura corporal mais bem preparada.

Não se trata de defender ou excluir a atividade física da rotina de uma gestante, mas sim de pensar uma rotina que se adeque aos limites e necessidades de cada mulher.

Com a medalha de bronze no peito e uma nova vida pela frente, Nicole deve tirar uma pausa até o nascimento do bebê, previsto para fevereiro.

Publicidade


Redação Hypeness
Acreditamos no poder da INSPIRAÇÃO. Uma boa fotografia, uma grande história, uma mega iniciativa ou mesmo uma pequena invenção. Todas elas podem transformar o seu jeito de enxergar o mundo.

Branded Channel Hypeness

Marcas que apoiam e acreditam na nossa produção de conteúdo exclusivo.



X
Próxima notícia Hypeness:
Torcida do Corinthians se mobiliza por final do Brasileirão feminino na Arena